219 347 706 Email Facebook
WhatsApp

Sondagem: WhatsApp é o serviço de chat mais utilizado

18 de Setembro de 2018 às 09:39

Sondagem: WhatsApp é o serviço de chat mais utilizado

18 de Setembro de 2018 às 09:39
WhatsApp


Com o objetivo de recolhermos informações dos gostos e interesses dos nossos leitores, elaboramos questões pertinentes, da atualidade, e colocamo-las na zona lateral do nosso site.Desta vez quisemos saber qual o serviço de chat que mais utiliza.Vamos conhecer todos os resultados!
Qual o serviço de chat que mais utiliza?No âmbito da sondagem realizada, obtivemos 4.359 votos e a maioria dos leitores indica que o serviço de chat que mais utiliza é o WhatsApp (47%; 2055 votos). Em segundo lugar foi escolhido o Facebook Messenger (30%; 1290 votos), seguido do Telegram (6%; 269 votos), Skype (4%; 187 votos) e iMessage (3%; 119 votos).Com um pouco menos de fotos ficou o Google Hangouts (2%; 79 votos), Viber (1%; 48 votos), IRC (1%; 47 votos); Line (1%; 25 votos); Snapchat (0%; 16 votos), Kik Messenger (0%; 15 votos) e WeChat (0%; 10 votos).Por sua vez, 5% dos votantes indica que o serviço que mais utiliza não consta na lista a votos.Resultados em gráficosource:pplware.sapo.pt

WhatsApp vai deixar que utilizadores mudem o número de telefone

3 de Abril de 2018 às 09:16
WhatsApp

O WhatsApp é, da longa lista de propostas, uma das mais usadas na Internet. De fácil utilização, consegue ser usado em qualquer plataforma móvel, sistema operativo ou até no browser.Com constantes mudanças e melhorias, o WhatsApp tem crescido e tem se afirmado. Agora prepara-se para ter outra novidade, que permitirá aos utilizadores mudarem o número de telefone associado ao WhatsApp.
O WhatsApp está associado ao número de telefone dos utilizadores e não permitia, até agora, que este fosse alterado diretamente. Claro que se poderia simplesmente mudar e alertar os contactos.Com a nova funcionalidade, que está prestes a chegar, isso poderá ser feito diretamente dentro da app. Para o usaram só têm de ter a mais recente versão de testes do WhatsApp no Android.Como aceder à alteração do número de telefone no WhatsAppPara além de ter instalada a versão de testes do WhatsApp, os utilizadores precisam de aceder às definições e depois a Account. Ai dentro escolham a opção Change number.Todo o processo é depois explicado, garantido que o utilizador é alertado para a mudança. Os dados são alterados e um SMS é enviado para confirmar.Como mudar o número de telefone no WhatsAppDe seguida, é pedido o número de telefone atual e o novo número de telefone. Existe, durante este processo, a possibilidade de notificar todos os contactos dos utilizadores, alertando para a mudança de número.No final, e como indicámos, será enviado um SMS a validar a mudança para o novo número. Desta forma não existe a necessidade de exportar os dados ou repor qualquer copia de segurança para um processo tão simples como mudar o número de telefone.Esta novidade está já na mais recente versão de testes do WhatsApp para Android, devendo chegar em breve à versão estável. É também provável que muito em breve chegue ao iOS e, quem sabe, ao Windows Mobile.source:pplware.sapo.pt

Já tem mais de uma hora para eliminar mensagens do WhatsApp

14 de Março de 2018 às 09:17
WhatsApp


Sem qualquer dúvida, o WhatApp é atualmente uma das mais usadas apps de mensagens. Com cada vez mais adeptos e mais utilizadores, tem conseguido garantir esta fama graças às novas funcionalidades que tem trazido para o serviço.Uma das mais recentes, exigida pelos utilizadores, é a possibilidade de eliminar mensagens de conversas de grupo. Os bem conhecidos 8 minutos foram agora atualizados e passaram a um valor bem maior. Agora temos mais de 1 hora para eliminar estas mensagens dos grupos.
A novidade “Apagar para Todos” está disponível no WhatsApp desde o final do ano passado. Esta nova opção permite que eliminem uma mensagem partilhada num grupo, sem que a mesma fique disponível depois.Já tem uma hora para eliminar mensagens do WhatsAppEsta era uma das muitas novidades que foram apresentadas e que tornam o WhatsApp melhor e mais interessante de ser usado, conseguindo assim estar à altura do que os utilizadores pretendem e que esperam encontrar no serviço.Se até agora o tempo dedicado para a eliminação de mensagens estava em 7 minutos, na mais recente versão disponível para o iOS esse valor foi alterado e é agora de 1 hora, 8 minutos e 16 segundos.WABetaInfo@WABetaInfoA new WhatsApp for iOS update (2.18.31) is available on AppStore.It is a bug fixes update, but it has the new “Delete for everyone” limit, that’s 1 hour, 8 minutes and 16 seconds.12:17 - 8 de mar de 201817358 pessoas estão falando sobre issoInformações e privacidade no Twitter AdsO porquê desta nova janela temporalNão se sabe ao certo a razão para a escolha deste novo valor, apenas que os novos 4.096 segundos é 2^12 do valor anterior, que era de 512 segundos (8 minutos e 32 segundos). A WhatsApp não revela na sua página de suporte a razão desta nova janela de tempo.Por agora este valor apenas está definido no iOS, mas espera-se que em breve chegue também ao Android, alargando assim a janela de tempo disponível para um valor bem maior.Uma vez que o WhatsApp não fornece nenhum tipo de possibilidade de criar conversas temporárias, esta poderá ser a forma mais simples de ter este tipo de troca de mensagens. Durante uma hora tudo o que for dito pode ser eliminado, sendo que após esse tempo passa a ser permanente.source: pplware.sapo.pt

WhatsApp vai permitir a partilha de localização em tempo real

19 de Outubro de 2017 às 09:12
WhatsApp


O WhatsApp é hoje uma das mais usadas ferramentas de comunicação da Internet. O seu impacto é de tal forma elevado que deixa a uma distância grande a utilização de SMS e até outros serviços de mensagens instantâneas.Este serviço, que pertence ao Facebook, tem procurado evoluir e dar novas funcionalidades. A mais recente delas é a partilha da localização em tempo real entre utilizadores, que vai chegar já muito em breve.
Estas novidades do WhatsApp têm surgido de forma faseada, dando a este serviço uma cada vez maior qualidade, ao mesmo tempo que traz funcionalidades pedidas e que vão melhorar a utilização.No caso da partilha da localização em tempo real, o WhatsApp garante que a segurança é mantida como um pilar, sendo protegida com criptografia de ponta-a-ponta e permitindo controlar como essa partilha é feita.Também pode ser interrompida a qualquer momento, bastando indicar que pretende terminar a partilha da sua localização. Claro que pode simplesmente deixar que o contador de tempo da Localização Atual expire.Como usar a partilha de localização em tempo real no WhatsAppPara usar esta novidade do WhatsApp, só tem de abrir uma conversa com o contacto ou grupo com quem deseja partilhar. Depois, deve abrir a Partilha e aí dentro vai existir uma nova opção, Partilhar Localização Atual. Só precisa de escolher por quanto tempo deseja fazer a partilha e enviar.Cada membro da conversa conseguirá ver a sua localização em tempo real num mapa. Se mais de uma pessoa partilhar a sua localização num grupo, todas as localizações aparecerão no mesmo mapa.Este recurso do WhatsApp ainda não está disponível para todos, mas vai chegar nas próximas semanas. Por agora, as plataformas que o vão poder usar serão o Android e o iOS. Não se sabe se no futuro outras plataformas vão ser abrangidas.source: pplware.sapo.pt

WhatsApp: Informação dos utilizadores cai em servidores externos

17 de Julho de 2017 às 09:39
WhatsApp


O WhatsApp é claramente uma das plataformas de comunicação mais completas e também das mais populares. Em termos de segurança, o WhatsApp é, dentro do seu segmento, uma das que garante melhor confidencialidade dos dados uma vez que as comunicações são cifradas ponto a ponto.Mas segundo um vídeo agora revelado, o WhatsApp passa  informação dos utilizador para servidores externos.
Não foi há muito tempo que foi lançada mais uma versão do WhatsApp. No entanto, segundo um vídeo publicado recentemente pelo Youtuber Colin Hardy, o WhatsApp passa informação do utilizador para servidores externos, sendo que essa informação pode permitir, por exemplo, a localização do utilizador.Como é que a informação é passada?Uma das funcionalidades integradas no WhatsApp é o preview de links que são partilhados numa janela de chat. Quando o utilizador partilha um link, por exemplo de um site, o WhatsApp valida esse URL solicitando informações ao servidor (Exemplo: Se partilhar o endereço do site Pplware, o whatsApp vai validar se o site existe para fazer o preview). É então nesse momento que o endereço associado ao dispositivo, que tem o cliente de WhatsApp em execução, é passado para o lado do servidor. Com essa simples informação é, por exemplo, possível saber a localização de um determinado utilizador.Para perceberem como tudo acontece, vale a pena ver o seguinte vídeo:Ao contrário de outros serviços que usam servidores para fazer esse trabalho de validar um determinado URL de um site, o WhatsApp usa o próprio endereço do cliente para realizar o pedido. Esta não é certamente uma boa política, até porque ,desta forma, passa a ser possível fazer o tracking do cliente.source: pplware.sapo.pt

WhatsApp deixa de funcionar em muitos telefones no fim do mês

13 de Junho de 2017 às 09:31
WhatsApp


O WhatsApp é, muito provavelmente, o serviço de mensagens mais usado na Internet. São milhões de utilizadores que diariamente o usam para comunicar e para se manterem contactáveis.Se nos equipamentos recentes o WhatsApp funciona de forma perfeita, com cada vez mais funcionalidades, nos mais antigos vai simplesmente deixar de funcionar. A data está marcada e acontecerá já no dia 30 de junho.
O fim do suporte do WhatsApp em dispositivos mais antigos não é novo. A empresa já tinha alertado para esta situação no início do ano passado, mostrando as razões pela qual ia abandonar algumas plataformas.Inicialmente marcado para o final de 2016, acabou por ser reagendado para mais tarde, dando assim mais tempo para que a transição fosse feita. A nova data já existe e será já no fim deste mês. A partir dessa data o serviço simplesmente deixará de funcionar nos equipamentos mais antigos.A justificação avançada para este fim de suporte prende-se com as funcionalidades que estas plataformas suportam, estando já limitadas, quando comparadas com as atuais.Mantendo a lista apresentada em fevereiro de 2016, o suporte será terminado para os seguintes equipamentos:BlackBerry OS e BlackBerry 10Nokia S40Nokia Symbian S60Android 2.1 e Android 2.2Windows Phone 7iPhone 3GS/iOS 6A recomendação da WhatsApp para os utilizadores que vão perder o suporte é apenas uma. Devem trocar os seus equipamentos por uns mais recentes e com sistemas operativos suportados.source: pplware.sapo.pt

Facebook: Multa de 110 milhões euros por informação enganosa

18 de Maio de 2017 às 09:49
Facebook WhatsApp


Foi em fevereiro de 2014 que a gigante Facebook adquiriu o serviço de comunicações Whatsapp. A Comissão Europeia considerou agora que o Facebook forneceu “informação enganosa” na altura da aquisição do serviço de mensagens WhatsApp e, por isso, foi-lhe aplicada uma multa de 110 milhões de euros (122,4 milhões de dólares).Saiba o que está em causa!
O caso remonta a 2014, altura em que o Facebook comprou o serviço Whatsapp. Desde essa altura que o negócio tem vindo a ser investigado, mais concretamente o processo de fusão ao nível da identidade dos utilizadores dos dois serviços.Esta quinta-feira a entidade responsável pela regulação do mercado da concorrência na União Europeia (UE) considerou que a empresa responsável pela rede social prestou “informação enganosa” na altura em que adquiriu o serviço de mensagens WhatsApp.A Comissão descobriu que, contrariamente às afirmações do Facebook, no processo de revisão de fusões de 2014, a possibilidade técnica de corresponder automaticamente às identidades dos utilizadores do Facebook e do WhatsApp já existia e que os funcionários da empresa estavam cientes dessa possibilidadeNa rede social Twitter, comissária europeia da concorrência, Margrethe Vestager, referiu que são necessários factos corretos para fazer o melhor trabalho. O Facebook foi multado em 110 milhões de euros por fornecer informação errada/enganosa quando adquiriu o WhatsApp. SeguirMargrethe Vestager ✔@vestagerWe need accurate #facts to do our job. @facebook now fined 110 mio € for giving wrong/misleading information when it took over WhatsApp.07: 53 - 18 May 2017  197197 Retweets  117117 favoritosInformações e privacidade no Twitter AdsFalta agora saber se o Facebook vai aceitar esta decisão e pagar a multa ou simplesmente recorrer da mesma nas entidades competentes.source: pplware.sapo.pt

Whatsapp está offline! Milhões de utilizadores afetados

4 de Maio de 2017 às 10:07
Whatsapp


O WhatsApp é inquestionavelmente um dos melhores serviços para os utilizadores trocarem mensagens. Segundo dados da própria empresa, mensalmente existem mais mil milhões de utilizadores activos, são enviadas mais de 42 mil milhões de mensagens por dia e partilhadas mais de 1.6 mil milhões de fotos (também por dia).Se o seu Whatsapp deixou de funcionar, fique a saber que a culpa não está do seu lado. O problema é à escala mundial e está a afetar milhões de utilizadores.
Esta quarta-feira o serviço de mensagens Whatsapp começou a ter algumas falhas, ficando mesmo offline para milhões de utilizadores. De acordo com os nossos testes, o serviço não está acessível via 3G/4G nem Wi-Fi. Testamos também a versão mobile e a versão Web sem sucesso.As informações que existem é que esta falha não está a afetar todos os utilizadores. O site Down Detector, que agrega queixas dos utilizadores relativamente a serviços, revela que neste momento há algumas zonas do globo mais afetadas que outras.Segundo relatos, por exemplo do Brasil, os utilizadores estão “em choque” pois esta é uma das principais ferramentas para troca de mensagens. Até ao momento ainda não há qualquer informação oficial sobre o que se estará a passar com este serviço.source: pplware.sapo.pt

Status: o Instagram Stories do WhatsApp está a chegar

14 de Fevereiro de 2017 às 09:35
Instagram WhatsApp


O WhatsApp continua a reinventar-se e a trazer aos utilizadores novas funcionalidades. Recentemente, foi revelado que passaria a indicar em tempo real a localização dos utilizadores em grupos de conversa e agora vai buscar uma funcionalidade ao Instagram.Status será o Insta Stories do WhatsApp.

Depois do Instagram receber uma funcionalidade que nos remete para aquilo que o Snapchat oferece, é a vez do WhatsApp. Um tweet publicado pelo @WABetaInfo revela que numa próxima versão para iOS haverá um novo recurso: Status.Já no Whatsappen.nl pode ler-se que este novo recurso irá permitir que se possam partilhar fotos e vídeos com duração de 24h. Depois, tal como no Instagram Stories, desaparecem. O Status irá surgir numa secção à parte do chat e poderão ser adicionados comentários, apenas visíveis para quem fez a publicação. Irá conseguir saber ainda quem visualizou a publicação que poderá ser feita para todos os seus contactos, apenas para alguns ou para todos com excepções.Este é um recurso ainda em desenvolvimento e não se sabe quando chegará ao público. Curioso para testar esta nova funcionalidade?Leia ainda:
source: pplware.sapo.pt

Facebook vai parar de recolher dados do WhatsApp no Reino Unido

9 de Novembro de 2016 às 09:39
Facebook WhatsApp


Desde que comprou o WhatsApp, em Fevereiro de 2014, que o Facebook procura maximizar a utilização deste serviço e obter os dados dos utilizadores.Conseguiu este último passo no passado mês de Setembro, passando a partilhar os dados do WhatsApp com os seus serviço. Mas o regulador do Reino Unido alertou agora o Facebook que esta prática é ilegal e a empresa resolveu suspender esta recolha.

A justificação do Facebook para a partilha de dados entre o WhatsApp e os seus restantes serviços baseia-se na possibilidade de tornar mais simples oferta de novos contactos, baseada na informação cruzada entre os diferentes serviços. Muitos foram os que se opuseram a esta medida, mas a verdade é que a mesma acabou por ser concretizada.Não tendo sido bem recebida, esta medida acabou por levantar algumas dúvidas a algumas entidades reguladoras. No caso do Reino Unido, surgiu agora uma recomendação para que essa recolha seja terminada de imediato, para garantir e proteger a privacidade dos utilizadores."We’ve set out the law clearly to Facebook, and we’re pleased that they’ve agreed to pause using data from UK WhatsApp users for advertisements or product improvement purposes"O Facebook acatou esta indicação e parou de imediato a recolha e a partilha de informação entre o WhatsApp e a sua rede social, mas apenas para efeitos de publicidade ou melhoria do serviço.O Reino Unido não é o primeiro país onde esta medida foi tomada. O mesmo tinha já acontecido na Alemanha, onde o Facebook acordou parar de recolher informações do WhatsApp, depois de ter sido informado de que esta recolha violava a lei. Há ainda outros países, como a França ou a Itália, onde decorrem ainda investigações para averiguar se esta prática do WhatsApp não vai contra as leis de protecção de dados.Do lado do WhatsApp, a empresa defende-se alegando que a informação que recolhe é mínima e que não tem acesso quer às mensagens quer às chamadas e que nem acesso ao nome dos utilizadores ou a outros dados tem.O WhatsApp chegou a dar aos utilizadores a possibilidade de não permitir a sincronização dos dados entre os serviços, mas essa opção expirou ao fim de alguns dias, não podendo agora ser usada.source: pplware.sapo.pt