219 347 706 Email Facebook
Windows

Microsoft prepara-se para dar uma nova cara ao Windows 10 na próxima grande atualização

16 de Novembro de 2018 às 09:16

Google e Microsoft tornam mais difícil acesso a conteúdos ilegais

21 de Fevereiro de 2017 às 09:40
Google Microsoft


A facilidade com que hoje em dia temos acesso a determinados conteúdos ilegais leva a que a sua utilização seja mais elevada. Estes estão expostos nos motores de pesquisa e isso é a porta que muitos necessitam para os experimentar.Esta é uma ideia que vem do Intellectual Property Office, do Reino Unido, e a Google a Microsoft acabaram de a aceitar e abraçar, passando a filtrar esses conteúdos e não os apresentando nos resultados das pesquisas.
Este novo código de práticas foi aceite pelos dois maiores motores de pesquisa da Internet, que passam agora a restringir os resultados das pesquisas no Reino Unido.A ideia deste grupo é conseguir combater a pirataria online e a partilha de conteúdos não autorizados, diminuindo a visibilidade que estes sites têm na Internet. Quando um filme ou outro conteúdo for pesquisado no Google ou no Bing os resultados mais relevantes vão ser ofertas legais e que vão reverter para os criadores de conteúdos.Segundo Eddy Leviten, diretor Geral da Alliance for Intellectual Property, a grande visibilidade destes conteúdos ilegais nos motores de pesquisa pode levar os utilizadores a optarem por estas propostas.Sometimes people will search for something and they will end up unwittingly being taken to a pirated piece of contentWhat we want to ensure is that the results at the top of the search engines are the genuine onesNão os querendo fazer desaparecer de forma direta, bloqueando o acesso aos sites e aos seus conteúdos, preferem que a apresentação dos resultados das pesquisas os releguem para segundo plano, não os deixando visíveis para os Internautas, que assim não se sentem tentados a visitá-los.A medida está, para já, limitada ao Reino Unido por força das entidades que promovem e monitorizam a sua implementação, mas poderá, em breve, ser alargada a outros países ou até, como aconteceu em situações anteriores, os motores de pesquisa acabarem por ser obrigados a alargá-los por problemas internos.Estas novas medidas fazem parte de um código de práticas mais alargado e que vai ser colocado em prática ainda este ano. A ideia é agilizar também o processo de fecho dos sites que partilham conteúdos ilegais, agilizando o processo entre as autoridades e os ISP, à imagem do que já acontece no nosso país.Via The Guardiansource: pplware.sapo.pt

Portugal: Easypay é o novo concorrente da Rede Multibanco

20 de Fevereiro de 2017 às 09:34
Easypay Multibanco


A rede Multibanco, que é gerida pela SIBS, é amplamente conhecida em Portugal até porque é a partir das caixas Multibanco que levantamos o nosso dinheiro e realizamos outras operações. Tal como informámos aqui, a rede Multibanco tem já um concorrente, a rede Euronet Worldwide, que disponibiliza 300 caixas.Em breve vai chegar a marca abypay, que vai ter, para já, 50 caixas automáticas.
Segundo dados da Pordata, em 2015 existiam 12.437 caixas ATM, sendo este mercado claramente liderado pela SIBS. Além da rede multibanco existe também a rede Euronet Worldwide e, já no segundo trimestre, chegará a Easypay com a marca abypay.Em declarações à Lusa, Sebastião de Lencastre, presidente da Easypay revelou que…O plano em 2017 vai ser muito agressivo, com a disponibilização ao público da app abypay até ao final do primeiro trimestre e, no segundo trimestre, vamos entrar na rede de comerciantes e fazer a instalação das primeiras ATM em PortugalSabe-se também que a abypay é uma marca 100% portuguesa e que o investimento previsto para 2017 ronda os 1,5 milhões de euros.O presidente da Easypay revelou que a empresa é uma instituição de pagamento registada no Banco de Portugal e não é apenas mais um serviço de pagamentos, mas algo revolucionário nesta área…Desenvolvemos uma solução única no mundo, revolucionária, que permite fazer transferências de dinheiro instantâneas, para qualquer parte do mundo e em qualquer moeda, em segundos e com um custo de poucos cêntimos. Somos um banco moderno e estamos lançados na terceira revolução do dinheiroDe acordo com o JN, em 2016, a Easypay teve um volume de transações de 84 milhões de euros e um total de 3,1 milhões de transações, um crescimento significativo face aos dados de 2015 (64 milhões de euros em volume de transações e 2,1 milhões de transações).source: pplware.sapo.pt

A próxima Apple TV vai crescer e já será 4K

17 de Fevereiro de 2017 às 09:26
Apple


A Apple TV tem, ao longo dos anos, melhorado de forma progressiva, adaptando-se às novidades que vão surgindo e que os consumidores querem. Nem sempre dá de imediato essas novidades, mas estas acabam por surgir.Ora a mais recente informação tornada pública dá conta de que a próxima Apple TV terá finalmente suporte para 4K e para HDR.
Esta novidade da Apple TV não irá ser propriamente uma surpresa para o mercado. Há vários anos que era pedido à Apple que incorporasse na sua Apple TV o suporte para 4K.Mas o momento esperado chegou e finalmente esta vai ser uma realidade num futuro próximo. O maior problema é que as novidades deste novo modelo vão-se limitar apenas isso, o suporte para 4K.Esperava-se que este novo modelo fosse dar um alto ainda maior e trazer um equipamento muito mais abrangente, que pudesse ser já um equipamento “all-in-one”, que incorporasse os vários equipamentos que, por norma, estão junto da televisão indo ao pormenor da box do operador de TV.O descontentamento da equipa que desenvolve a Apple TVMas nem tudo é perfeito para o lado desta nova box. São já vários os engenheiros que estão descontentes com o rumo tomado pela Apple e reclamam da falta de criação de novidades e de inovações. Uma fonte anónima forneceu informações que o mostram.That’s not what I signed up for. I signed up for revolutionary. We got evolutionary.Mas mesmo com esta falta de inovação, a verdade é que finalmente vai ser possível reproduzir todos os vídeos gravados no iPhone há mais de um ano. Claro que os conteúdos da Apple vão ser também adaptados a esta nova realidade.Infelizmente não vai ser possível dar o suporte para 4K nas atuais Apple TVs, uma vez que esta tecnologia requer um processador mais robusto que o atual A8 que equipa este equipamento. A chegada do 4K terá mesmo de ser feita com uma nova Apple TV.Via Bloombergsource: pplware.sapo.pt

iPhone 8 ajuda Apple a bater novo recorde em bolsa

14 de Fevereiro de 2017 às 09:35
Apple Iphone8


Sim é verdade que o novo iPhone da Apple, que à partida será o iPhone 8, ainda não saiu, contudo, as expectativas criadas em volta do novo equipamento ajudaram certamente a Apple a bater um novo recorde em bolsa.Nem mesmo os prováveis mil euros, que se perspectivam para o seu preço, demoveu os mercados.
De acordo com o Wall Street Journal, a Apple registou esta segunda-feira um novo valor recorde em bolsa.Segundo os dados, as ações da empresa de Cupertino chegaram aos 133,29 dólares, avaliando assim a Apple em cerca de 700 mil milhões de dolares, deixando a sua directa concorrente, a Alphabet, a 120 mil milhões de dólares de distância. O último valor recorde tinha sido em maio de 2015, quando as acções chegaram aos 132.54 dólares (aproximadamente 125€).Segundo alguns analistas, os investidores estão a voltar a apostar na Apple uma vez que consideram que o novo iPhone venderá bem, tendo em conta os avanços tecnológicos que poderá trazer.Por agora tudo o que se fala sobre o novo iPhone 8 são apenas rumores pois, como se sabe, a Apple guarda sempre muito bem a informação. Uma das notícias de hoje dá conta também que a Apple juntou-se ao Wireless Power Consortium. Será que o carregamento sem fios vai mesmo chegar ao iPhone 8?Já se começa a sentir uma certa euforia em volta do iPhone do 10º aniversário, já vários rumores deram conta das possíveis inovações em hardware e algumas no novo iOS 11.Via Wall Street Journalsource: pplware.sapo.pt

Status: o Instagram Stories do WhatsApp está a chegar

14 de Fevereiro de 2017 às 09:35
Instagram WhatsApp


O WhatsApp continua a reinventar-se e a trazer aos utilizadores novas funcionalidades. Recentemente, foi revelado que passaria a indicar em tempo real a localização dos utilizadores em grupos de conversa e agora vai buscar uma funcionalidade ao Instagram.Status será o Insta Stories do WhatsApp.

Depois do Instagram receber uma funcionalidade que nos remete para aquilo que o Snapchat oferece, é a vez do WhatsApp. Um tweet publicado pelo @WABetaInfo revela que numa próxima versão para iOS haverá um novo recurso: Status.Já no Whatsappen.nl pode ler-se que este novo recurso irá permitir que se possam partilhar fotos e vídeos com duração de 24h. Depois, tal como no Instagram Stories, desaparecem. O Status irá surgir numa secção à parte do chat e poderão ser adicionados comentários, apenas visíveis para quem fez a publicação. Irá conseguir saber ainda quem visualizou a publicação que poderá ser feita para todos os seus contactos, apenas para alguns ou para todos com excepções.Este é um recurso ainda em desenvolvimento e não se sabe quando chegará ao público. Curioso para testar esta nova funcionalidade?Leia ainda:
source: pplware.sapo.pt

Microsoft: Windows 10 é a versão mais segura do Windows

13 de Fevereiro de 2017 às 09:39
Windows10 Microsoft


A Microsoft quer fazer do Windows 10 o melhor sistema operativo de todos. A sua ideia é ir mais longe que a usabilidade e funcionalidades, conseguindo também abraçar todas as questões de segurança e privacidade.Se estava já provado que este seria o sistema mais seguro existente no mercado, a Microsoft tem agora novidades para apresentar, que reforçam esta ideia.
Todas as melhorias que a Microsoft tem colocado na segurança do Windows 10 têm tornado ainda melhor um sistema que já se sabia ter elevados níveis de segurança. São funcionalidades importantes e que tornaram este sistema operativo como o eleito por algumas das entidades mais exigentes e com requisitos muito elevados.As novidades vão surgir já esta semana, durante a conferência RSA, onde a Microsoft vai apresentar e discutir algumas das melhorias que tem feito no campo da segurança.As novidades de segurança do Windows 10Antes desse anúncio, a Microsoft apresentou já as principais novidades. A primeira delas é que o Windows 10 e o Surface foram aprovados pela NSA como fazendo parte do seu programa Commercial Solutions for Classified Programs (CSfC). Por agora apenas os Surface, a correr o Windows 10, estão nesta lista como equipamentos autorizados.Para além disto, há também novidades no que toca ao Hello. Esta funcionalidade vai ser apresentada como sendo uma solução única de segurança, com elevados níveis de padrões para identificar os utilizadores. A somar ao Hello, a Microsoft irá também referir o novo Dynamic Lock que, com a capacidade de bloquear um dispositivo sempre que não detetar um smartphone, aumenta também a segurança do Windows 10.Com o Windows Defender Advanced Threat Protection a Microsoft quer dar ainda mais segurança ao seu sistema. Esta ferramenta adiciona novidades ao que está já em funcionamento e dá ao utilizador a possibilidade de criar novas regras de proteção, que podem ser passadas para novas análises e assim aumentar a segurança.Novas áreas de segurança cobertas no Windows 10Claro que há muitas novas áreas cobertas, nomeadamente na gestão de dispositivos, onde novas camadas de segurança foram adicionadas e que permitem gerir os dispositivos da Microsoft remotamente, alterando as permissões de acesso das aplicações, as definições dos dispositivos e muitos mais.Depois de classificar o Windows 7 como não seguro, enaltecendo o 10, é agora hora da Microsoft o marcar como o mais seguro de todos por conseguir satisfazer os requisitos de entidades como a NSA, que têm padrões muito elevados.source: pplware.sapo.pt

Facebook: É hora de desinstalar as apps de meteorologia

10 de Fevereiro de 2017 às 10:00
Facebook


Aos poucos e poucos, a maior rede social digital do mundo vai disponibilizando serviços bastante úteis que acabam por “prender” o utilizador dentro da própria plataforma.Desta vez o Facebook lembrou-se de começar a disponibilizar (e bem) informações sobre meteorologia. Saiba como ver já essa informação na web ou via app móvel.
É hora de começar a desinstalar as apps de meteorologia pois, a rede social Facebook, passou a ter uma funcionalidade que permite ter acesso a esse tipo de informação. Com uma interface bastante simples mas agradável, o utilizador pode ver a previsão hora a hora, para seis dias.Como ver a meteorologia no Facebook?Para aceder à informação da meteorologia basta ir a Menu e depois procurar por Tempo, como mostra a figura seguinte.De acordo com o próprio Facebook, esta funcionalidade chegará a 95% dos utilizadores já este mês. A localização do utilizador é obtida automaticamente mas, acedendo às Definições, dentro da interface Tempo, é possível adicionar mais localizações.source: pplware.sapo.pt

Sabia que o Windows 10 é mais vulnerável que o Windows 7?

9 de Fevereiro de 2017 às 09:48
Microsoft


A Microsoft tem apostado tudo no Windows 10! A empresa de Redmond referiu que este é o sistema operativo mais seguro de sempre mas, segundo dados recentes, o Windows 10 é mais vulnerável que o Windows 7 tendo em conta o número de vulnerabilidade encontradas em 2016.Conheça os dados de um estudo recente.
Um estudo levado a cabo pela RiskBased Security revelou que, em 2016, foram encontradas mais vulnerabilidades no Windows 10 do que no Windows 7. De acordo com os dados agora revelados, no Windows 10 foram encontradas 705 vulnerabilidades enquanto no Windows 7 “apenas” foram detetadas 647.Mais curioso ainda é o facto do número de vulnerabilidades encontradas crescer ano após ano nos sistemas da Microsoft. Em primeiro lugar do ranking de vulnerabilidades da empresa continua a liderar o “velhinho e acabado” Internet Explorer.A Microsoft continuará certamente a trabalhar na segurança do Windows 10, garantindo que este seja o sistema operativo mais seguro da empresa.Apesar de ter mais vulnerabilidades isto pode não significar que seja menos seguro que os seus antecessores. Muitas das falhas são reportadas à Microsoft e resolvidas poucos dias depois.Via RiskBased Security

Apple revelou a próxima grande funcionalidade do iPhone 8?

7 de Fevereiro de 2017 às 09:48
Apple Iphone8


Assim que a Apple lançou a sétima versão do iPhone começaram a surgir os primeiros rumores sobre o o que o próximo modelo iria trazer. Têm-se falado de muitas funcionalidades, mas uma que recorrentemente surge é a chegada do carregamento sem fios ao iPhone 8.As certezas desta funcionalidade eram perto de nulas, mas uma nova informação vem dar um novo peso a esta possibilidade. O convite para a próxima Keynote parece mostrar que o iPhone se vai libertar dos cabos.
Ainda estamos a mais de 6 meses da próxima Keynote da Apple, onde a empresa vai apresentar o novo iPhone, mas já existe informação a circular sobre este evento, informação essa que poderá ter mostrado mais do que a Apple pretendia.Segundo um tweet da dbrand, um fabricante de capas para o iPhone e outros smartphones de topo, o modelo de 2017 trará uma mudança que há muito se espera.  A imagem publicada é, supostamente, do novo convite para a Keynote de apresentação do iPhone e revela que será desta vez que chegará o carregamento sem fios.Mas mais do que a imagem partilhada, é também a frase que o acompanha –We’re getting down to the wire – que revela o que a Apple estará a preparar-se para apresentar. Depois de removerem a porta áudio, é agora hora de removerem também a porta de carregamento.Ver imagem no Twitter Seguirdbrand ✔@dbrandSkinsLeaked 2017 Apple Keynote invitation. Wireless iPhone charging confirmed?23: 18 - 4 fev 2017  590590 Retweets  2.8262.826 favoritosEsta não é propriamente uma novidade e já no ano passado começaram a surgir os primeiros rumores de que a Apple estaria a preparar-se para trazer para o iPhone 8 o carregamento sem fios.A tecnologia que a Apple irá usar foge do que é já habitual ver-se nos smartphones, apostando no carregamento a distâncias maiores, com o recurso à tecnologia WattUp. Esta é uma tecnologia de carregamento sem fios que, ao contrário da tecnologia existente, não necessita que haja contacto com a base de carga, bastando que o dispositivo seja colocado ao lado da base.Ainda é muito cedo para confirmar qualquer um destes rumores, mas sabe-se que a Apple está a preparar novidades que vão tornar o modelo do 10º aniversário do iPhone algo de completamente diferente do que a concorrência tem no mercado, voltando a marcar uma posição firme e ditando os padrões da indústria para os próximos anos.source: pplware.sapo.pt