219 347 706 Email Facebook
Windows

Microsoft prepara-se para dar uma nova cara ao Windows 10 na próxima grande atualização

16 de Novembro de 2018 às 09:16

Chegou o LastPass 4.0 – Para quê decorar passwords?

6 de Janeiro de 2016 às 09:54
LastPass


Como utilizadores de vários serviços disponíveis na Internet (e não só), necessitamos normalmente de credenciais de acesso (utilizador/password). É a conta do facebook, é a conta de e-mail, é o site das finanças, do banco, da escola… enfim um conjunto de serviços para os quais devemos tentar sempre ter credenciais de acesso diferentes (por questões de segurança).Hoje foi anunciado o LastPass 4.0, uma das melhores ferramentas para criar, gerir e manter as nossas passwords.
O LastPass é provavelmente um dos  gestores de credenciais mais popular e potente. Com suporte de clientes (extensões) para a maioria dos browsers e com acesso via browser, este é sem dúvida uma excelente solução para quem necessite de um serviço transversal para vários dispositivos.Recentemente foi disponibilizada uma nova versão deste serviço que traz algumas novidades das quais se destacam:Nova InterfaceEmergency Access  (para casos de emergência, onde é possível que um amigo aceda aos nossos dados)Um novo centro de partilha (uma boa funcionalidade para partilha de passwords por equipas/departamentos, etc).Vários ajustes que garantem uma melhor performance, segurança e estabilidadeVeja todas as novidades em acçãoEsta é uma das maiores actualizações no LastPass e as novas funcionalidades são bastante interessantes. Apesar de alguns problemas ao nível da segurança em Junho, o LastPass é um dos gestores mais completos e flexíveis. Experimentem!source: pplware.sapo.pt

Apple iOS 9.2 tem outra função super secreta

6 de Janeiro de 2016 às 09:51
Apple


O iOS 9.2 está a tornar-se uma caixinha de surpresas. Depois de termos descoberto que podemos “acelerar”de uma forma estranha alguns iPhones/iPads, usando uma funcionalidade nada comum, agora apresentamos outro truque super secreto e igualmente estranho.Sabia que pode limpar do ecrã do seu iPhone qualquer ícone, até os das apps nativas?
Quase todas as pessoas têm no iPhone uma pasta onde escondem os ícones das apps “inúteis” que a Apple insiste em colocar e que as pessoas não usam. Depois ficam naquela pasta iNutil, verdade?Bom, agora no iOS 9.2 a Apple escondeu uma funcionalidade que permite arrumar de vez com os ícones dessas aplicações que não queremos mais dentro do nosso iPhone ou iPad. Problema resolvido. Obrigado aí ó Tim!!! Mas então e como fazemos isso?Um YouTuber descobriu o truque e disponibilizou a fórmula. Basicamente o processo é o seguinte:Mova as apps que não quer para uma nova pasta (não tem que ter o nome como está no vídeo)Arraste cada app o máximo possível para a direita da pastaEnquanto a app está ainda pendurada debaixo do seu dedo, prima o botão HomeEm breves segundos a app irá desaparecer Vamos então ver em vídeo o processo Mas este processo é definitivo?Não, na verdade este “truque” pode ser apenas um processo em teste que a Apple decidiu incluir nesta versão, até porque quando o dispositivo é reiniciado, os ícones das aplicações voltam a aparecer. No entanto é também possível aceder as apps via spotlight.No futuro, a Apple poderá disponibilizar um processo diferente para que os utilizadores possam decidir se querem ou não tudo o que a Apple lhes coloca à frente, mas… para já é apenas uma solução temporária.
source: pplware.sapo.pt

Fundador do Facebook anuncia novo projeto para 2016

5 de Janeiro de 2016 às 09:31
Facebook


Em 2015, Mark Zuckerberg comprometeu-se a ler dois livros por mês e a conhecer uma pessoa nova todos os dias. Para 2016, o fundador do Facebook anunciou um novo desafio: criar um assistente pessoal com inteligência artificial.


“Vou começar por explorar a tecnologia que já existe. Depois vou começar a ensiná-la e a fazer com que aprenda a minha voz para que assim possa controlar toda a casa – música, luzes, temperatura, entre outros. Vou ensiná-la a reconhecer a cara de amigos e a deixá-los entrar em minha casa. Vou ensiná-la a dizer-me se está tudo bem com o Max [filho de Zuckerberg] e a verificar se está tudo como deve ser no seu quarto. Na parte profissional, irá ajudar-me a analisar dados, de forma a construir melhor os meus serviços e a liderar de uma forma mais eficiente as minhas organizações”, escreveu na sua página no Facebook.Zuckerberg costuma trabalhar com centenas de engenheiros, mas desta vez o criador do Facebook assegura que vai fazer tudo sozinho.source: http://www.sol.pt/

Alerta PJ: Telemóveis são o novo alvo de burlas

4 de Janeiro de 2016 às 10:09
Telemóveis


Durante anos os alvos principais dos ataques dos hackers estiveram focados nos computadores. Com a generalização dos dispositivos móveis esses alvos estão a mudar e têm um novo destino.Segundo a Polícia Judiciária, dos 500 inquéritos abertos por ciberataques, uma grande parte está já directamente relacionada com a intrusão nos smartphones.

Os novos alvos dos hackers estão a ser os smartphones, que são agora o ponto de ataque para o roubo de dados dos utilizadores.Segundo o Diário de Notícias, o roubo de passwords e dados de acesso são actualmente dos maiores crimes informáticos. De acordo com Carlos Cabreiro, coordenador da secção do crime informático da directoria de Lisboa da Polícia Judiciária, o número de ataques a smartphones cresceu…Este ano notámos um ligeiro aumento do número de processos por crimes praticados com recurso às plataformas móveis, ou seja, os smarthphonesNo total, a PJ de Lisboa chegou ao final do ano de 2015 com 858 inquéritos abertos por crimes informáticos. Destes 500 são por ciberataques, 250 por pedofilia na Internet, 70 por extorsão sexual e 30 por crimes praticados contra as pessoas na Internet (injúrias, difamação, entre outros), segundo dados oficiais.Também durante 2015, a Polícia Judiciária fez mais de 300 arguidos por estes crimes, 21 dos quais por hacktivismo.source: pplware.sapo.pt

Apple, Facebook e Google, quanto pagam de impostos por ano?

4 de Janeiro de 2016 às 10:09
Apple Facebook Google



A Apple, Microsoft, Google, Facebook e tantas outras empresas do mundo da tecnologia, já nos habituaram aos milhões de lucro que todos os anos recebem das suas actividades.Depois há os impostos, um pagamento que essas mesmas empresas são acusadas por vezes de fuga, como acontecido à Apple nos últimos tempos. Mas, em milhões de dólares, quanto pagam de impostos nos Estados Unidos?
Os gigantes da tecnologia nos Estados Unidos da América são frequentemente acusados de evasão fiscal. Estes tomam decisões financeiras devidamente pensadas e calculadas para camuflar as enormes receitas em países onde as leis de impostos sobre as sociedades são substancialmente mais brandas. Tim Cook, o CEO da Apple, numa entrevista ao programa 60 minutes, quando questionado sobre a acusação que alegadamente a Apple fugia aos impostos, refutou todas as acusações dizendo que a Apple paga todos os impostos devidos ao governo dos Estados Unidos.Accusations that Apple is avoiding taxes are ‘Total Political Crap’Tim Cook no programa 60 Minutes Apple é a empresa que paga os impostos mais altosQuando o CEO da Apple foi confrontado com a questão de alegadamente a empresa de Cupertino estar a fugir das suas obrigações fiscais, Tim referiu que é entregue cada dólar de imposto devido. Tim também mostrou desacordo sobre o código fiscal actual imposto nos Estados unidos, denominando-o como desactualizado para esta era digital. Acrescentou ainda que, em comparação com outras empresas, a Apple paga os impostos mais altos.Por mais que a afirmação possa ser verdade em termos do total de verbas pagas, como vemos no gráfico, os impostos entregues não são proporcionais aos lucros excêntricos da empresa.Por exemplo, em 2014, o total de impostos pagos pela Apple em relação às suas receitas foi de 13,97 mil milhões de dólares. Surpreendentemente, esse número é maior do que o total dos impostos pagos pela IBM, Google e Microsoft juntas. No entanto, o aspecto mais significativo é que a taxa média da empresa para calcular os impostos a pagar sobre os lucros (taxa efectiva de imposto) para 2014 foi de 26,1%. Facebook pagou em 2014 mais impostos que a AppleApesar desta figura ser maior que a de outras empresas do sector de tecnologia, a percentagem é menor que a taxa média de imposto cobrada nas empresas S&P 100 que é de 2,5% quando comparada para o mesmo ano (2014). Também é justo mencionar que a taxa de imposto federal sobre o rendimento é de 35%.Por isso a Apple, e outras empresas de tecnologia de Silicon Valey, tentam pagar menos impostos, sendo que a Apple é das empresas que mais pagam. Podemos ver aqui, no site statista, quais as empresas do sector da tecnologia que mais impostos pagam, como refêrencia ao ano de 2014.source: pplware.sapo.pt

TOP 5 de Serviços Cloud em 2015

31 de Dezembro de 2015 às 09:52
Cloud


O caminho está traçado. O alojamento na cloud é cada vez mais o futuro e os serviços de Internet que cada vez são mais rápidos ajudam nessa alteração de hábitos.Durante 2015 os serviços cloud não sofreram grande mutação. Uns fortaleceram-se, outros melhoraram os preços dos serviços profissionais e outros saíram da sombra. Destacamos 5 que provavelmente foram aqueles que tiveram uma maior ascendência sobre o utilizador. 
É inegável que cada vez mais usamos os serviços cloud para “tudo e mais um par de botas”. Já lá colocamos os documentos, as fotografias, os vídeos, as capturas de ecrã, colocamos as cópias de segurança, colocamos produção em tempo real e até usamos como “ponte” para termos tudo sincronizado entre dispositivos em diversos sistemas operativos. Quais os requisitos?Durante este ano fomos avaliando as escolhas, fizemos sondagens, confrontámos preços do mercadoConsumer Cloud Storage, falámos com alguns players, com clientes e verificámos os indicadores externos, números indicativos das preferências globais.Esta compilação foi o resultado de todos os indicadores compilados que nos diz quais os serviços cloud (Consumer Storage) preponderantes de 2015: 5º Lugar – HubicEste serviço destacou-se em 2015 pela sua oferta e pelo serviço que acompanha o pack entregue ao utilizador. A empresa francesa OVH, neste ano, decidiu ameaçar a concorrência e colocou a oferta com o serviço gratuito de espaço em cloud com 25 GB. Tem apps mobile e a sua utilização é extremamente intuitiva, até porque desenharam o site em português e com muito boa aparência, que permite a gestão de ficheiros via web.As aplicações estão disponíveis para Windows, OS X e Linux, assim como para Android, iOS e Windows Phone.
 4º Lugar – OnedriveOneDrive é a aposta da Microsoft para aglomerar todos os seus serviços e fazer a ponte entre as várias aplicações que tem ao dispor. Concentra o Office online e joga com o espaço gratuito por forma a cativar a atenção de quem usa os seus produtos e não só. Tem a seu favor o serviço que é um dos melhores e mais seguros no que toca a IaaS assim como DaaS.Como armazenamento de consumo permite o que os outros permitem e muito mais. Tem apps para os dispositivos móveis mas deixa de fora o Linux. Gratuitamente, sem falarmos em planos agregados na aquisição de produtos da Microsoft, este serviço cloud oferece-lhe 15 GB (lembre-se que a Microsoft reduziu dos 15GB para apenas 5GB mas depois recuou na decisão – ver aqui).
3º Lugar – Google DriveEste serviço é um tudo em um. Tem uma ligação íntima com o melhor serviço de email que um utilizador pode usar, o Gmail, permite utilizar o Google Docs e permite muito mais.Além disso o Drive oferece-lhe 15 GB de armazenamento online gratuito da Google. Desta forma, pode guardar fotografias, histórias, designs, desenhos, gravações, vídeos e outros. Tem evoluído com algumas ferramentas colaborativas, como o Keep, por exemplo, mas ainda não é um serviço tão intuitivo para os dispositivos móveis que seja atractiva como outros. Mas, convenhamos, é um serviço que está sempre à mão.
2º Lugar – Dropbox
Este é um dos mais usados, dos que tem mais aplicações, um sistema cloud multifacetado onde já se viu de tudo. Tem uma óptima integração com todos os dispositivos. O seu marketing tem uma faceta dinâmica que permite a qualquer utilizador conseguir 16 GB de espaço gratuito, mas dá trabalho, tem essa desvantagem!Tem ferramentas colaborativas que o ajudarão a potenciar o trabalho de forma muito eficiente e tem um trato muito próximo com os ficheiros Microsoft Office, por permitir editar os seus documentos com o Microsoft Word Online, por exemplo. Mas há mais, muito mais. Veja aqui muitos exemplos.
 1º Lugar – MegaO Mega é o lado “irreverente” da web. É um serviço cloud que conta já com mais de 15 milhões de registos. Lembramos que cada registo tem ao dispor 50 GB de espaço gratuito e um serviço muito rápido e seguro. Esses são os “pergaminhos” deste serviço que foi pensado por Kim Dotcom um dia…Tem um óptimo serviço de gestão web, tem apps para dispositivos móveis e para Windows, Linux e OS X. É um serviço muito bom. Ok, depois há aqueles que são “ilimitados”, é verdade, mas o Mega tem o hype da irreverência e a velocidade de servidor sem termos de levar com SPAM ou publicidade intrusiva ou uma interface a definhar, como muitos na praça.source: pplware.sapo.pt

Samsung revoluciona com processador dedicado aos wearables

30 de Dezembro de 2015 às 09:35
Samsung

A chegada dos wearables ao mercado veio criar novos desafios para a industria, que necessitou de criar novos processadores para novas funções.A Samsung apresentou agora o seu novo bio-processador, que consegue elevar estes novos dispositivos mais longe, dando-lhes novas funcionalidades.

O futuro dos wearables passará pela monitorização dos elementos vitais dos utilizadores, registando e controlando os seus valores. É nesta vertente que a maioria dos utilizadores está interessado e onde o mercado deverá evoluir.Se actualmente pouco mais é possível medir que a frequência cardíaca, isso vai mudar em breve com a chegada do novo bio-processador da Samsung.Composto por várias unidades de processamento e sensores, consegue ser o primeiro processador all-in-one dedicado à saúde e à recolha de informações dos utilizadores sem que necessite de qualquer processamento externo adicional.Todos estes sensores vão ser capazes de recolher novas informações, que vão muito para além do que actualmente é possível, alargando as possibilidades do que estes dispositivos vão dar aos utilizadores.A Samsung anuncia que este processador poderá medir a volumetria dos órgãos, a análise da impedância bio-eléctrica, realizar electrocardiogramas, medir a temperatura da pele ou a taxa de gordura corporal, entre outras medições.Com todas estas capacidades o mais provável é que a Samsung licencie a sua utilização a outras marcas e que não o retenha para os seus equipamentos.A chegada deste novo bio-processador está mais perto do que a maioria poderá julgar. A Samsung já o tem em produção, sendo por isso capaz de o usar muito em breve quer nos seus wearables quer no de outras marcas.Com a CES e o MWC a chegarem em breve, não seria estranho vermos surgir os primeiros dispositivos baseados neste bio-processador.source: pplware.sapo.pt

Erro no Skype baralha as conversas dos utilizadores

30 de Dezembro de 2015 às 09:35
Skype


O Skype, o serviço de mensagens instantâneas da Microsoft é dos mais usados na Internet e tem funcionalidades únicas, que o distingue de toda a concorrência.Uma falha recente está a afectar a última versão lançada, misturando de forma anormal as conversas que os utilizadores têm com os seus contactos.

Esta nova falha do Skype começou a ser reportada pelos utilizadores poucas horas depois da mais recente versão ter sido lançada.Do que é descrito, a ordem pela qual as mensagens estão a ser entregues é completamente aleatória, o que em muitos casos impossibilita que os utilizadores do Skype consigam ter uma conversa lógica.O fórum do Skype está repleto de mensagens de utilizadores descontentes e que relatam as situações que surgiram e que levaram à descoberta da falha.Em resposta a todas essas mensagens de desagrado e de problemas o Skype reconheceu o problema e informou que as suas equipas estão já a tratar de resolver a falha, esperando-se para os próximos dias uma actualização que trate de resolver esta falha.Curiosamente esta falha afecta apenas a versão 7.17.0.105 para Windows, não sendo visível o bug nas restantes versões.Na mesma resposta que deu aos utilizadores, a equipa do Skype apresentou também uma solução simples para que o problema seja contornado.Esta passa pela desinstalação da versão actual do Skype e a instalação da versão anterior. Esta versão pode ser encontrada e descarregada neste link.Nos próximos dias os utilizadores da versão Windows do Skype vão ver chegar uma nova versão, já com este problema corrigido. Recomendamos que sigam a recomendação da Skype e que esperem a chegada da próxima versão.source: pplware.sapo.pt

Natal 2015: Apple volta a dominar por completo a Samsung

29 de Dezembro de 2015 às 09:38
Apple Samsung


Mais um ano e mais uma vitória em grande da gigante Apple sobre a sua principal concorrente, a Samsung! A Apple liderou por completo graças especialmente ao iPhone 6S e iPhone 6S plus, deixando a concorrência bem longe.Uma das novidades é a entrada da chinesa Xiaomi que ocupa o 5º lugar do ranking e a saída da Sony.

Segundo um estudo da Flurry, relativo a 2015, 49,1% de activações de dispositivos móveis (entre 19 e 25 de Dezembro) pertencem a dispositivos da marca da maçã enquanto a Samsung apenas conseguiu 19,8%.Face a 2014 é verdade que a Samsung cresceu e a Apple diminuiu mas a distância que separa as duas marcas continua a ser enorme.No terceiro lugar continua a “velhinha” Nokia este ano com 2% e a LG ocupa o quarto lugar, que pertencia à Sony em 2014, com 1,7%.Em termos de tendências, os dispositivos com ecrãs “médios” (abaixo de 5 polegadas) continuam a ser os preferidos dos consumidores. Nota-se, no entanto, um aumento na preferência dos Phablets (dispositivos com mais de 5 polegadas e menos de 7 polegadas) tendo sido registado neste Natal 27% de activações de equipamentos deste tipo (em 2014 apenas 13% correspondiam a phablets).Em termos de preferências de dispositivos móveis ao nível do iOS e Android, o estudo conclui que os equipamentos com tamanho médio são os preferidos da maioria dos utilizadores Apple entquanto os phablets são os preferidos dos utilizadores Android. Estes valores mostram o quanto é importante o Natal para a Apple. A diferença para a segunda posição é abismal e é interessante reparar, pela primeira vez, a entrada de uma empresa chinesa neste ranking.source: pplware.sapo.pt

O dia de Natal foi um marco importante para o Windows 10

29 de Dezembro de 2015 às 09:38
Windows


Desde que foi lançado que o Windows 10 não tem parado de crescer e está instalado num número cada vez maior de máquinas. Mas depois de um arranque fulgurante, abrandou com o passar dos meses, não mantendo a sua curva de crescimento exponencial.Mas tudo parece ter mudado, pelo menos por um dia, com o Windows 10 a voltar a crescer para números bem altos. Esse dia, foi o dia de Natal deste ano!

Ao longo dos meses, o Windows 10 tem conseguido conquistar o seu espaço e marcar a sua posição. Tem ultrapassado várias outras ofertas que estão no mercado, inclusive da própria Microsoft, situando-se já numa confortável terceira posição no ranking dos SO’s.Mas esta altura do ano é propensa a que se alterem as posições na tabela dos sistemas operativos, principalmente à custa dos novos equipamentos que são oferecidos como presentes de Natal.Foi precisamente isso que levou a que o Windows 10 tivesse ficado colado ao seu actual rival, o Windows 8.1. No dia 25 de Dezembro estes dois sistemas estiveram a uns muito curtos 0,03% de diferença, com o domínio a permanecer no Windows 8.1.Se conseguir recuperar esta pequena diferença até ao final do mês, algo que não é impossível, o Windows 10 consegue conquistar a segunda posição.Mesmo mantendo-se tão perto do Windows 8.1, o Windows 10 tem ainda muito que crescer para conseguir chegar perto do sistema operativo mais usado, o Windows 7.Dificilmente o Windows 10 não conseguirá garantir a segunda posição no ranking dos sistemas operativos mais usados já este mês de Dezembro, terminando 2015 numa posição confortável.Muito em breve muitas empresas vão começar a migrar para este novo sistema operativo e a própria Microsoft vai torná-lo numa actualização obrigatória, o que fará crescer ainda mais a sua taxa de actualização e consolidar esta segunda posição.Sendo gratuito até ao final de Julho, esta actualização da Microsoft poderá encontrar problemas em bater o Windows 7, mas o resto da concorrência directa já está batida, o que a coloca no patamar em que a Microsoft a queria quando a lançou.source: pplware.sapo.pt