219 347 706 Email Facebook
Windows

Microsoft prepara-se para dar uma nova cara ao Windows 10 na próxima grande atualização

16 de Novembro de 2018 às 09:16

Torne-se 'invisível' no Facebook com estas dicas

23 de Setembro de 2015 às 15:18
Facebook


Fique a saber como deve ter as suas definições de privacidade para passar completamente despercebido. 
Ter-se juntado ao Facebook não quer dizer exatamente que esteja disposto a mostrar tudo da sua vida a toda a gente mas sim apenas aos seus amigos. Se for este o seu caso saiba que há ferramentas na rede social que lhe permitem controlar exatamente quem pode ver o quê no seu perfil.
Em baixo pode consultar quais as definições que deve alterar na sua conta para se tornar praticamente ‘invisível’ para outras pessoas na rede social. Como refere o Business Insider, terá de começar por clicar no símbolo com o cadeado no canto superior direito do seu ecrã e ir a ‘Vê mais definições’.

Publicações
Se não quiser que mais ninguém veja as suas futuras publicações vá à seção ‘Quem pode ver as minhas coisas?’ e selecione ‘Apenas eu’ onde se encontra a pergunta ‘Quem pode ver as tuas publicações futuras?’.
Também pode limitar quem vê as suas publicações anteriores na área ‘Limitar o público para publicações antigas na tua cronologia’ selecionando a opção de forma a só poder ser lida pelos seus amigos.

Pedidos de Amizades e Mensagens
Se não lhe agrada a ideia de um perfeito desconhecido lhe enviar um pedido de amizade pode limitar os pedidos de amizade apenas a amigos de amigos. Para isso terá de ir à seção ‘Quem pode contactar-me?’, na área ‘Quem pode enviar-te pedidos de amizade?’ e escolher a hipótese ‘Amigos de amigos’.
Na seção abaixo também pode controlar quem lhe envia mensagens, sendo que escolhendo uma Filtragem Restrita’ estará a preferir apenas mensagens enviadas por amigos.


Pesquisa
No que diz respeito à pesquisa há várias formas de ser encontrado, nomeadamente pelo e-mail de registo, número de telemóvel associado e até pelo seu nome. Para impedir que estes elementos sejam usados para o encontrar tem de ir a ‘Quem pode encontrar-me?’ e selecionar ‘Amigos’ nas três opções, nomeadamente ‘Quem pode encontrar-te através do endereço de e-mail que registaste?’, ‘Quem pode encontrar-te através do número de telefone que registaste?’ e ‘Queres que outros motores de busca se liguem à tua cronologia?’.

Cronologia
Para definir quem pode publicar e ver publicações na sua cronologia terá de ir ao separador dedicado a ‘Cronologia e de Identificação’. Uma vez aqui selecione a opção ‘Apenas eu’ na secção ‘Quem pode adicionar coisas à minha cronologia?’ na área ‘Quem pode publicar na tua cronologia?’ na seção ‘Quem pode ver coisas na minha cronologia?’ nas áreas ‘Quem pode ver publicações nas quais foste identificado na tua cronologia?’ e ‘Quem pode ver o que outras pessoas publicam na tua cronologia?’; e na seção ‘Como posso gerir as identificações que as pessoas adicionam e as sugestões de identificação?’ na área ‘Quando fores identificado numa publicação, quem queres adicionar ao público, que ainda não esteja lá incluído?’

Identificação
Continuando no mesmo separador pode ainda alterar quem está habilitado a identificá-lo em fotografias indesejadas. Para isso terá de selecionar a opção‘Ativada’ na seção ‘Quem pode adicionar coisas à minha cronologia?’ na área ‘Rever as publicações em que os teus amigos te identificam antes de aparecerem na tua cronologia?’ e na seção ‘Como posso gerir as identificações que as pessoas adicionam e as sugestões de identificação?’ na área ‘Rever identificações que as pessoas adicionam às tuas próprias publicações antes de estas aparecerem no Facebook?’.
Por último terá de ir à área ‘Quem vê sugestões de identificações quando são carregadas fotos que se parecem contigo?’ e selecionar ‘Ninguém’.

Seguidores
Se não quiser ter qualquer pessoa do universo Facebook a seguilo é recomendável que se dirija ao separador ‘Seguidores’ e escolha a opção ‘Amigos’na seção ‘Quem pode seguir-me’.

Anúncios
Se não quer que seja identificado junto a anúncios publicitários terá de se dirigir ao separador de ‘Anúncios’, na seção ‘Anúncios com base na minha utilização de sites e aplicações’ e escolher ‘Desativar’ na área ‘Consegues ver os teus anúncios com base em interesses do Facebook?’.

Aplicações
Se não desejar que os seus amigos saibam as aplicações que usa deve ir ao separador 'Aplicações’, ao quadrado onde diz ‘Aplicações, sites e plug-ins’ e‘Desativar’ a opção.
Já a opção para versões antigas do Facebook em dispositivos móveis poderá ser encontrada no quadrado referente a ‘Versões antigas do Facebook para telemóvel’, sendo que aqui também deverá escolher ‘Desativar’.

Comet – O primeiro Smartphone que flutua

23 de Setembro de 2015 às 14:32
Smartphone

A tecnologia nunca deixará de nos surpreender. A contar com isso, devemos ter uma mente aberta para perceber para que serve o que o mercado inventa.Nessa perspectiva, venha conhecer o primeiro smartphone do mundo que sabe nadar… flutuar vá!Chama-se Comet e apresenta-se como o primeiro smartphone totalmente à prova de água e que sabe flutuar. A sua existência justifica-se pelos 82,5 milhões de equipamentos que se “afogaram” no último ano, segundo a empresa que está a promover esta invenção no site de crowdfunding, Indiegogo. Em termos de características está igualmente bem pensado. Este smartphone vem equipado com sistema operativo Android 5.1 Lollipop, traz um processador Qualcomm Snapdragon 810, 2 GHz Octa-Core, 4 GB de memória RAM e tem duas variáveis em termos de armazenamento, por 275 dólares pode comprar a versão de 32GB e por 289 dólares a versão de 64GB.O ecrã é de a 4,7″ HD AMOLED e as câmaras principal e frontal têm 16 MP, o que vem possibilitar grandes imagens mesmo em modo selfie. A bateria é de 2800 mAh o que, segundo os responsáveis, chega para um dia de muito trabalho… ou mais que um dia se está em lazer! Mas flutua mesmo?A ideia é fabricar um dispositivo que possa fazer parte dos objectos que levamos para a praia, para a água mesmo. Para isso este equipamento foi certificado com a norma IPx7. Surfistas e todas as pessoas com actividades que envolvam muitas água… têm agora este equipamento concebido para resistir à água e flutuar, graças a algumas características dos materiais de fabrico. De acordo com as especificações disponibilizadas, o Comet tem uma densidade de cerca de 1,64 gramas por centímetro cúbico. A condição padrão da densidade da água é apenas 1g/cm3. No entanto, este dispositivo ainda é menos denso que o iPhone 6S (2,17 g/cm3) ou que o Samsung Galaxy Note 5 (1,93g/cm3). Ainda assim, um telefone 1,64 g/cm3 não flutuará, mas…. Já existe um modelo final?Não, apenas existe um protótipo e por isso os responsáveis pelo projecto estão a solicitar 100 000 dólares para iniciar o processo de fabrico. Até ao momento esta iniciativa já despertou interesse de pelo menos 67 pessoas em apenas 8 dias, angariando até agora cerca de 15 800 dólares. O aspectoPelas imagens de como será o equipamento, está muito bem conseguido. O bisel do ecrã dá um toque muito elegante e está prevista a colocação na lateral de LEDs que irão notificar, para além de decorar o equipamento. Além disso, este apresenta-se fino e leve, para que possa ser também uma peça tecnológica com estilo.Como o conceito é estar na água e levar para a água o smartphone, não pode ser esquecida a componente lúdica, a música neste caso. Então estão previstos também uns auscultadores para que os utilizadores possam levar para a água o smartphone e via bluetooth envie o som para uns dispositivos, também à prova de água, que serão colocados nos ouvidos.Source: pplware.pt

Hoje é o 1º dia de Outono!

23 de Setembro de 2015 às 10:37
Google


Hoje é o primeiro dia de Outono e como é habitual a Google disponibilizou na sua página uma animação alusiva ao inicio desta estação do ano.
Um feliz dia de Outono!
Mais sobre o Outono:O outono (AO 1945: Outono) é a estação do ano que sucede ao Verão e antecede o Inverno. É caracterizado por queda na temperatura, e pelo amarelar e início da queda das folhas das árvores, que indica a passagem de estações (excepto nas regiões próximas ao equador).O Outono do hemisfério norte é chamado de "Outono boreal", e o do hemisfério sul é chamado de "Outono austral". O "Outono boreal" tem início, no hemisfério norte, a 22 ou 23 de Setembro e termina a 21 ou 22 de Dezembro. O "Outono austral" tem início, no hemisfério sul, a 20 de Março e termina a 20 ou 21 de Junho.
Source: Google.pt, pt.wikipedia.org/wiki/Outono

Conheça as funções ‘secretas’ do seu teclado e agilize seus trabalhos

23 de Setembro de 2015 às 09:24
Windows


Os atalhos para teclados deixam as acções mais rápidas no computador. Pressionando apenas duas ou três teclas é possível abrir uma nova janela privada ou aba no navegador, aceder o gestorr de tarefas no PC ou até alterar configurações mais complexas.
Pensando nisso, o preparámos uma lista de atalhos que possuem "funções secretas". 1) CTRL + ALT + TABAbre o alternador de janelas e programas abertos no computador. Dessa forma os utilizadores podem aceder as funções de forma mais rápida.

2) CTRL + SHIFT + N
Abre uma janela no modo privada no navegador Google Chrome. O recurso permite usar a Internet sem acumular cache ou histórico dos sites consultados.

3) CTRL + SHIFT + P
Abre uma janela no modo privada no navegador e funciona para o Mozilla Firefox e o Internet Explorer. Assim, o acesso de sites pelo browser não guarda históricos, senhas ou demais dados no PC.


4) CTRL + TAbre uma nova aba no navegador e funciona no Google Chrome, Firefox e Internet Explorer. O usuário não precisa perder tempo clicando no item, caso precise buscar algo com mais rapidez.


5) CTRL + ALT + DELETEAceda a Central de Segurança do Windows. Por lá o usuário pode desligar e reiniciar o computador, aceder o gestor de Tarefas e ainda fazer logoff. Importante função quanto o computador trava, por exemplo.

6) CTRL + SHIFT + ESC
Abre o Gestor de Tarefas do Windows direto. O recurso permite finalizar e iniciar programas e serviços no computador, além de manter controle de tudo o que está sendo executado no Windows.

7) CTRL + TAB
Modo rápido para Alternar entre as janelas do navegador. O atalho funciona para Chrome, Firefox e Internet Explorer.

8)  CTRL + 1
Aceda a primeira aba do navegador. A função pode ser usada no Chrome, Firefox e Internet Explorer e permite que o utilizador aceda diretamente à primeira aba aberta do browser, de forma rápida.

9) CTRL + 9
Aceda a última aba do navegador. O atalho está disponível para Chrome, Firefox e Internet Explorer e deixa a função de navegação entre as abas mais rápida: não precisa perder tempo para aceder o último item.

10) CTRL + Esc
Abre Menu Iniciar directamente. A função é importante para buscar programas e recursos do Windows, de forma rápida.

11) ALT + F4
Fecha a janela ou programa. Acabou de usar algum serviço? Então o atalho vai encerrar a página sem precisar se preocupar. Ele pode ser repetido para todas as funções populares: fechar programas, navegadores e mais.

12) F2
Renomeia arquivos e/ou pastas. Com o atalho, o usuário precisa clicar no arquivo de foto, vídeo e demais itens e seleccionar F2 para digitar um novo nome.


13) Shift + F3
Transforma maiúsculas e minúsculas no Microsoft Word. O atalho é prático na hora de escrever textos, substituindo todos os de minúsculas para maiúsculas, e o contrário. Se pressionado diversas vezes, o usuário ainda pode manter apenas a primeira letra em Caps Lock.

14) F11
Deixa o navegador em tela cheia. Ideal para quem está precisando navegar sem distracções ou precisa visualizar sites de forma mais ampla. Para desactivar, basta pressionar a tecla novamente.

15) CTRL + F
Busca palavras-chave. A função é bem popular, funcionando em diferentes navegadores e programas. Assim o usuário encontra termos específicos com o atalho simples.

16) CTRL + N
Abrir nova página do navegador. A função pode ser usada no Chrome, Firefox e Internet Explorer, caso precise abrir uma nova janela, com comandos rápidos.

17) F1
Abra a página de ajuda/suporte. Está precisando de uma ajuda com determinado programa? A tecla F1 é um atalho bem útil e pode ser usado em navegadores e softwares, para aceder a tela de suporte.

18) Windows + L
Bloqueia o computador de forma rápida. Dessa forma, será necessário digitar a senha novamente para aceder seu perfil no Windows, sem perder os documentos abertos. Ideal para quem vai se afastar por algum tempo da máquina e não quer deixar os arquivos vulneráveis.

19) CTRL + A ou CTRL+T
Seleccionar todo o texto. O recurso pode ser usando na barra de endereços do navegador, em sites e nos mais diversos programas. No Word ele funciona como CTRL + T.

20) CTRL + C e CTRL + V
Copia e cola o conteúdo. A função pode ser usada para texto, imagem ou arquivo. É pratico para copiar uma música e passar para outra pasta, por exemplo, sem perder o original.

21) CTRL + Z
Retorna a acção anterior. A função também é conhecida e recupera texto e arquivos apagados.

22) CTRL + Shift + Del
Limpa o cache do navegador. Com compatibilidade com o Chrome, Firefox e Internet Explorer, o atalho abre a tela para a limpeza de cache. Dessa forma, é possível apagar os arquivos temporários ou inúteis, que podem deixar seu computador lento.

Source: TechTudo.com.br

Volkswagen “manipulou” o software de 11 milhões de carros

22 de Setembro de 2015 às 20:52
Software Volkswagen

É o escândalo do momento. O grupo alemão Volkswagen reconheceu ter manipulado os dados de emissão de gases poluentes dos seus automóveis nos Estados Unidos. Um dia depois, a queda das ações do grupo mantém-se e, um pouco por todo o mundo, pedem-se responsabilidades, exigem-se explicações e prepara-se um controlo mais apertado. Mais do que uma marca, são os próprios testes que podem estar em causa.


Um pouco por todo o globo, vão se multiplicando as reacções. A Coreia do Sul já convocou os representantes do grupo automóvel e Paris já defendeu ser necessário abrir um inquérito a nível europeu, pretensão apoiada pelos grupos automóveis gauleses. 
O ministro do Estado da Baixa Saxónia, entidade que detém 20 por cento do grupo Volkswagen, já assegurou que os responsáveis serão despedidos.
A Comissão Europeia já anunciou que também irá investigar a situação. A organização não-governamental International Council on Clean Transportation, citado por Le Monde, admite que também no continente europeu o grupo alemão tenha recorrido a este mecanismo.
A organização ambiental Deutsche Umwelthilfe vai ainda mais longe e admite, ao diário francês, que a possibilidade de falsificar estes dados na Europa é ainda maior, uma vez que “os construtores sabem que não há testes posteriores”.

Como era feita a falsificação?
Nos Estados Unidos, o construtor usava um software que era instalado no veículo. O aparelho conseguia perceber quando é que o automóvel estava a ser alvo de testes antipoluição de forma a falsificar os resultados. 
As autoridades norte-americanas referem que mais de 500 mil automóveis, sob as marcas Audi e Volkswagen, vêm com este software. Os Estados Unidos vão investigar outras marcas para perceber se estas também usam mecanismos semelhantes.

O construtor já admitiu, depois de realizado um inquérito interno, que este mecanismo foi instalado em 11 milhões de automóveis em todo o mundo, tendo sido incluído em todos os carros com motor a gasóleo do tipo EA189. 
Conhecido o problema, a Volkswagen fez também saber que irá colocar no orçamento do terceiro trimestre uma almofada de 6,5 mil milhões de euros para cobrir eventuais custos relacionados com o escândalo. A mera divulgação deste número fez as ações da empresa cair, momentaneamente, mais de 20 por cento.
Consequências para Portugal
O escândalo afecta, por enquanto, o grupo automóvel Volkswagen, primeiro construtor automóvel europeu e que opera sob marcas como a própria Volkswagen, mas também a Audi, a Porsche e a Skoda. Uma marca com forte presença em Portugal, através da Autoeuropa de Palmela.
Para além de colocar em causa a credibilidade de uma das maiores construtoras de automóveis a nível mundial, as quebras assinaláveis em bolsa vão prejudicar a produção e vendas da Volkswagen em todo o mundo e claro também em Portugal.
A Autoeuropa é responsável por 3600 postos de trabalho diretos, aos quais se somam muitos outros em empresas fornecedoras e que operam na área de Palmela.
A produção desta fábrica representa quase um por cento Produto Interno Bruto português e mais de três por cento das exportações portuguesas.
Source: RTP e Agência Reuters

Atenção: O botão “Não gosto” do Facebook ainda não chegou

22 de Setembro de 2015 às 15:12
Facebook


Uma das novidades que deverá ser lançada brevemente na maior rede social é o botão “Não Gosto” que permitirá aos utilizadores demonstrar a seu desagrado para com determinado tipo de conteúdo publicado.A ideia pareceu agradar os utilizadores e também aos scammers que prontamente transformaram esta novidade num esquema para enganar os utilizadores.
Se é utilizador do Facebook e está ansioso pelo botão “Não gosto” então o melhor mesmo é esperar que a empresa anuncie oficialmente tal funcionalidade.De acordo com alguns relatos, na rede social correm já alguns esquemas para a instalação do “suposto” botão só que na verdade é malware capaz de roubar dados pessoais. Os esquemas aparecem em algumas imagens onde o texto incentiva a clickar para que o botão (malware) seja instalado.Segundo o CEO do Facebook a chegada do botão de “Não gosto” está para muito breve e é expectável que os primeiros testes surjam dentro de pouco tempo. Mark Zuckerberg alertou que o botão “Não Gosto”deverá ter um efeito para expressar empatia e apoio e não apenas para uma votação negativa.Por enquanto o botão ainda não existe e sempre que lhe aparecer a possibilidade de ter essa funcionalidade não acredite pois é um esquema/fraude.source: pplware.sapo.pt/

Microsoft lançou Office 2016, focado na colaboração e segurança

22 de Setembro de 2015 às 14:49
Microsoft


As suites de produtividade estão a mudar e a ocupar um espaço na Internet, afastando-se dos modelos tradicionais. A Microsoft já trouxe o Office a todos os locais da Internet e agora lançou a versão 2016, que procura focar-se na colaboração e na segurança.As melhorias não são apenas estéticas e a Microsoft trouxe um Office novo e adaptado aos seus novos cenários, com o Windows 10 em vista.


Depois de vários meses de desenvolvimento, onde os utilizadores puderam tomar parte e ajudar, o novo Office chega finalmente a todos os que usam esta suite de produtividade. Esta junta-se agora à versão Mac que estava já disponível e a outras viradas para as plataformas móveisO foco é agora no trabalho colaborativo, com novas ferramentas e com a possibilidade de edição conjunta, mas sem que tenha sido descurada uma área cada vez mais importante, a segurança.O Office 2016 inclui novas versões das aplicações Office de ambiente de trabalho para Windows, entre as quais Word, PowerPoint, Excel, Outlook, OneNote, Project, Visio e Access. Em conjunto, o novo Office e o Windows 10 são a solução mais completa para a produtividade. As aplicações do Office 2016 são executadas na perfeição no melhor Windows de sempre, incluindo o novoSway para Windows 10, que cria histórias interativas e partilháveis, que podem ser visualizadas de forma impecável em qualquer ecrã.O Windows Hello inicia a sessão no Windows e no Office 365 com um único passo. As aplicações Office Mobile em Windows 10 intensificam a produtividade em movimento, incluindo a utilização do Continuum, para que possa utilizar o telefone como um PC.A Cortana liga-se ao Office 365 para ajudar em tarefas como a preparação de reuniões, com integração posterior no Outlook, que será lançado em novembro.
Ideal para trabalho em equipaAs aplicações do Office 2016 simplificam a colaboração e eliminam as barreiras ao sucesso do trabalho em equipa.A coautoria está agora disponível no Word, PowerPoint e OneNote, na versão do software para ambiente de trabalho, e inclui escrita em tempo real no Word que permite ver as edições de outro utilizador enquanto estão a ser feitas.A integração Skype nas aplicações no Office Online e aplicações “rich client” permite enviar e receber mensagens instantâneas (IM), partilhar o ecrã, falar ou estabelecer conversações com vídeo dentro dos documentos.Os Grupos do Office 365 são agora parte integrante da aplicação cliente Outlook 2016 e estão disponíveis no seu dispositivo móvel preferido através da aplicação Outlook Groups, que proporciona uma experiência de trabalho em equipa homogénea em todo o conjunto de aplicações.Em breve, o novo Office 365 incluirá também soluções que combinam o poder das aplicações e dos serviços para uma melhor colaboração.Apresentado hoje, o Office 365 Planner, ajuda as equipas a organizar o trabalho, ao oferecer a capacidade de criar novos planos, organizar e atribuir tarefas, definir prazos e atualizar o estado com “dashboards” visuais e notificações por correio eletrónico. O Planner estará disponível, em versão de antestreia, para clientes do Office 365 Primeira Edição, no início do próximo trimestre.O OneDrive for Business refletirá novas atualizações expressivas no final deste mês, em experiências ao nível do programador, de controlo de TI, na esfera dos dispositivos móveis, sync e browser. O cliente “sync” de próxima geração para Windows e Mac irá oferecer uma experiência melhorada ao utilizador final, fiabilidade e opções melhoradas de sincronização e maiores capacidades em termos de tamanho dos ficheiros e volumes suportados.Desvendado no início deste ano, o GigJam está agora disponível em antevisão restrita e integrará o Office 365 em 2016. O GigJam permite às equipas realizar tarefas e transformar processos de negócio de uma forma única, ao eliminar as barreiras entre dispositivos, aplicações e pessoas.
Trabalha para siO Office 2016 ajuda-o a trabalhar de forma mais rápida e mais inteligente.O Outlook 2016 inclui a caixa de correio mais inteligente de sempre. As suas funções de pesquisa à velocidade da luz e a remoção automática de correio de baixa prioridade são dois excelentes exemplos. Todos os destinatários na linha ‘Para:’ têm acesso aos documentos através de anexos modernos e baseados na Cloud.A funcionalidade ‘Onde Está?’ permite localizar rapidamente o comando ou a funcionalidade certa do Office e a ‘Pesquisa Inteligente’ transporta a informação da Web diretamente para os seus documentos.O Excel 2016 inclui agora publicação integrada no Power BI e novos e modernos tipos de gráficos que permitem tirar o máximo partido dos dados.​A lista dos últimos documentos utilizados permite retomar o trabalho onde o deixou, acompanhando a sua viagem pelos diferentes dispositivos, quer esteja a trabalhar no Office Online, nas aplicações do Office para Mobile ou nas aplicações do Office 2016 para ambiente de trabalho.
O Office mais seguro
As aplicações do Office 2016 com o Office 365 disponibilizam as novas capacidades para melhor segurança e proteção a nível empresarial.A Prevenção de Perda de Dados no Word, PowerPoint, Excel e Outlook reduz consideravelmente o risco de fuga de dados confidenciais, através de ferramentas que permitem aos administradores de TI gerir as políticas de autoria de conteúdos e de partilha de documentos.O serviço Multi-factor Authentication assegura o acesso protegido a conteúdos quando o utilizador se encontra fora da rede da empresa.A funcionalidade Proteção de Dados da Empresa estará disponível nas aplicações do Office para Mobile, para Windows 10, no final deste ano e nas aplicações de ambiente de trabalho no início de 2016, permitindo a partilha de conteúdos em segurança, dentro dos limites da empresa.
Disponibilidade e RequisitosAs novas aplicações do Office 2016 estão disponíveis em 47 idiomas e requerem o Windows 7 ou versão posterior. A partir de hoje, os subscritores do Office 365 podem optar por transferir as novas aplicações do Office 2016 ao abrigo da sua subscrição. As actualizações automáticas começarão a ser distribuídas aos subscritores no próximo mês. O Office 2016 encontra-se igualmente disponível a partir de hoje, como compra única, para PCs e Macs.Source: pplware.sapo.pt/

App Store sofre seu primeiro ataque; onda de malwares já foi removida

21 de Setembro de 2015 às 14:59
Apple

Apple anunciou que a loja de aplicativos do iOS, a App Store, sofreu o primeiro ataque em larga escala desde o início dos serviços. O anúncio veio depois que várias empresas de segurança alegaram que um malware conhecido como XcodeGhost foi utilizado na criação de vários programas para iPad, iPhone e iPod Touch.Os criminosos acoplavam o código malicioso em apps "de verdade": eles conseguiram convencer desenvolvedores de ferramentas a usarem um software para criar apps de mapas para iOS a partir de uma versão falsa do Xcode. Ou seja, o programa até funcionava e existia, mas um vírus "pegava uma  boleia" no serviço.A Apple já removeu os aplicativos criados com esse software e está a trabalhar com os desenvolvedores para que a versão do Xcode usada pelos criminosos não seja mais utilizada. Não há detalhes sobre que tipo de atividade o malware realizava nos aparelhos infectados, mas o comunicado diz que nenhum roubo de dados ou algo parecido foi detectado.Vários dos apps são de origem chinesa e, segundo a firma Qihoo360, ao menos 344 exemplares foram identificados na loja — a Apple recusou divulgar o número oficial, mas a recomendação é de que você desinstale os suspeitos. Confira a lista prévia abaixo, que inclui alguns serviços famosos e bastante utilizados:air2AmHexinForPadAngry Birds 2babaBiaoQingBaoCamCardCamScannerCamScanner LiteCamScanner ProCard SafeChina Unicom Mobile OfficeChinaUnicom3.xCITIC Bank move card spaceCSMBP-AppStoreCuteCUTDataMonitorDidi ChuxingEyes WideFlappyCircleFlushFreedom Battlegolfsensegolfsensehdguaji_gangtai enGuitar MasterHigh German mapHimalayanHot stock marketI called MTI called MT 2IFlyTek inputIHexinimmtdchsInstaFollowerinstalleriOBD2iVMS-4500Jane bookjinLazy weekendLifesmartMara MaraMarital bedMedicine to forceMercuryMicro ChannelMicroblogging cameraMobileTicketMoreLikers2MSL070MSL108Musical.lyNetEasenice devOPlayerOPlayer LitePDFReaderPDFReader FreePerfect365Pocket billingPocketScannerPoor tourQuick asked the doctorQuick SaveQYERRailway 12306SaveSnapSegmentFaultsnapgrab copyStocks open classSuperJewelsQuest2Telephone attribution assistantThe driver dropsThe KitchenThree new boardtingTinyDeal.comWallpapers10000Watercress readingWeChatWeLoopWhiteTileWinZipWinZip SectorWinZip StandardO fim de uma era?
São dois pontos curiosos sobre esse ataque histórico sofrido pela App store. O primeiro é que ele prova que a loja de serviços e ferramentas não é intocável — e há o risco de que, após alguém ser bem sucedido, os demais interessados em invadir a Apple se tornem ainda mais esforçados. Vale lembrar que o Android é "famosos" pela quantidade de apps falsos e malwares sendo constantemente detectados.O segundo ponto é a natureza do ataque: ele foi criativo a ponto de não ter os usuários como alvo inicial, mas sim os desenvolvedores. Ou seja, não basta ser cuidadoso — quem cria o aplicativo também tem que manter o olho aberto para crimes.

Problemas no Skype a afectar utilizadores em todo o mundo

21 de Setembro de 2015 às 14:29
Skype

Durante a manhã de hoje têm sido muitos os utilizadores do Skype que têm relatado problemas de ligação no Skype. Os problemas afectam principalmente a actualização dos estados dos utilizadores e a comunicação através de chamadas.O Skype já se pronunciou sobre o problema e existe uma alternativa viável.


Os problemas relacionados com o Skype surgiram durante a manhã de hoje estando a afectar a comunicação entre utilizadores de diversas formas. Uma das que tem vindo a ser relatada com maior frequência é a impossibilidade de efectuar chamadas uma vez que o estado de utilizador surge como offline.As conversas entre grupos está também a ser afectada com algumas mensagens a não serem entregues, problema que pode ser contornado com o envio de mensagens instantâneas para um contacto em específico.Além destes problemas facilmente detectáveis entre os utilizadores, o Skype alerta que quaisquer alterações à feitas à conta do Skype, como o saldo de crédito ou os detalhes de perfil, podem demorar algum tempo até serem mostrados.O Skype refere que já estão a ser tomadas medidas relativamente aos problemas."We’re doing everything we can to fix this issue and hope to have another update for you soon. Thank you for your patience as we work to get this incident resolved."De notar que este problema está a afectar principalmente os utilizadores da aplicação para Windows e que versão Web está a funcionar convenientemente, sendo esta uma alternativa viável.

Testes mostram que iOS 9 não é assim tão mal no iPhone 4S

21 de Setembro de 2015 às 14:24
Apple

A Apple nesta semana disponibilizou o iOS 9 de forma gratuita para várias versões do iPhone, incluindo um modelo mais antigo: o iPhone 4S.Apesar de apresentar compatibilidade, muitos usuários ficam com a pulga atrás da orelha, ainda mais depois da decepção que alguns tiveram ao fazer a atualização para o iOS 8. Afinal, o novo sistema operativo funciona no smartphone mais antigo da Apple?De acordo com os testes dos sites Wall Street Journal e Gizmodo, o sistema está bem melhor que o antecessor. A atualização exige apenas 1,3 GB de espaço livre, o que já é um grande avanço, principalmente para quem tem aparelhos com armazenamento mais limitado.Após fazer o update, o tempo de inicialização não é tão ruim, sendo que o smartphone está pronto para uso em pouco mais de 60 segundos. O grande problema mesmo fica por conta de alguns apps e da interface como um todo, que são otimizados para ecrãs maiores e com resoluções avantajadas. Neste caso, o iPhone 4S sai em desvantagem.Algumas melhorias foram feitas no aplicativo de fotos, de modo que está bem mais rápido para conferir as imagens, mas o mesmo não pode ser dito do aplicativo de câmera. Conforme o relato do Gizmodo, o iPhone 4S leva uma vida inteira para processar o clique do usuário e você vai perder o momento daquela foto tão engraçada.No fim das contas, os dois sites concluíram que o desempenho não ficou tão ruim. Além disso, é bom considerar a questão dos suportes aos aplicativos, já que muitos programadores podem abandonar o suporte ao iOS 7 em breve.