219 347 706 Email Facebook
ANACOM

Evite surpresas na factura do telefone

27 de Julho de 2016 às 09:35

Evite surpresas na factura do telefone

27 de Julho de 2016 às 09:35
ANACOM


Como sabemos, desde o passado dia 17 de Julho que algumas regras na lei das comunicações mudaram. De forma a esclarecer melhor os utilizadores, a Autoridade Nacional das Telecomunicações  lançou a iniciativa “Alertas ANACOM”,com o objectivo de reforçar a informação sobre as novas regras sobre fidelização e como evitar surpresas na factura do telefone.
A ANACOM criou a iniciativa “Alertas ANACOM”, lançada com o objectivo de reforçar a informação que esta Autoridade disponibiliza aos consumidores sobre temas sectoriais específicos, os quais reflectem as principais questões suscitadas nas reclamações recebidas. Relativamente às novas regras sobre fidelização é importante o seguinte:Novas regras sobre fidelizaçãoA partir de agora, o seu operador tem de o informar por escrito sobre o período de fidelização.Nos contratos feitos por telefone, a gravação da sua chamada tem que ser conservada pelo operador durante todo o prazo do contrato, e até que a última fatura possa ser cobrada.O valor a pagar em caso de cancelamento antecipado é agora limitado por lei.Só pode haver re-fidelização com a sua autorização expressa e se forem oferecidas novas condições promocionais ou equipamentos subsidiados.Além das novas regras de fidelização, a ANACOM publicou também um conjunto de alertar para que se evite surpresas na factura do telefone.Quer evitar surpresas na factura do telefone?Saiba que existem alguns tarifários que incluem chamadas gratuitas para números fixos (iniciados por 2 e, para alguns operadores, também iniciados por 3).Mas tenha atenção: os números iniciados por 7 (ex.: 760) têm custos acrescidos e não estão incluídos nesses tarifários.Os números iniciados por 601, 607, 608, 646 e 648 também têm custos acrescidos mas devem estar barrados por defeito.Se não concorda com o total da factura, pode pagar só o valor que considera correto.Mais informações sobre o tema pode consultar no próprio site da ANACOM.source: pplware.sapo.pt