219 347 706 Email Facebook
HIGH TECH

Dmitry Itskov quer digitalizar cérebro e ter imortalidade cibernética

17 de Março de 2016 às 10:05

Dmitry Itskov quer digitalizar cérebro e ter imortalidade cibernética

17 de Março de 2016 às 10:05
HIGH TECH


Desde cedo a humanidade tem tentado procurar, incansavelmente, a solução para a vida eterna.Na tentativa de tornar este objetivo possível, surge agora a Iniciativa 2045, um projeto com o objetivo de oferecer a vida eterna através de um avatar holográfico imortal.

Dmitry Itskov é um bilionário russo de 35 anos que procura uma forma para viver eternamente. Para isso, fundou a Iniciativa 2045, uma organização lançada em 2011, que trabalha em conjunto com uma rede de cientistas para desenvolver uma “imortalidade cibernética” nas próximas décadas. Dmitry Itskov quer viver eternamente nos “bits”Itskov afirma que, sem este tipo de tecnologia, é provável que estivesse morto em 2050. Mas, com o aperfeiçoamento do mapeamento do cérebro humano e transferindo a sua consciência para um computador, poderá viver muito mais tempo quer seja num computador, num robô humanoide ou como um holograma.Within the next 30 years, I am going to make sure that we can all live forever. I’m 100 per cent confident it will happen. Otherwise I wouldn’t have started it.Dmitry Itskov Quais os objetivos e planos da Iniciativa 2045?A organização pretende, a longo prazo, oferecer uma alternativa para que seja possível a vida eterna, tendo dividido este projecto em quatro fases de desenvolvimento. Inicialmente, em 2020, é esperada a criação de Avatars, ou seja, robôs que podem ser controlados pela mente e enviar feedback ao cérebro do seu utilizador através de uma interface cérebro-computador.Nos cinco anos seguintes, a organização pretende desenvolver um Avatar que possibilite albergar um cérebro transplantado após a morte, sendo posteriormente actualizado, em 2035, para que o Avatar possua um cérebro artificial que possibilite hospedar a personalidade de uma pessoa. Finalmente, em 2045, está projectado a criação de um avatar holográfico, marcando assim uma nova era para a humanidade.Este é com certeza um objectivo ambicioso que esta organização pretende atingir, mas que enfrenta algumas dificuldades como a indefinição acerca da possibilidade de replicar o cérebro humano numa máquina e o facto de se basear em algumas descobertas que a humanidade ainda está longe de atingir.Mesmo com alguns obstáculos, Itskov está disposto a apostar toda a sua fortuna neste projeto e até já planeia a sua imortalidade digital, onde pretende ter vários corpos distribuídos pela Terra e pelo espaço, podendo a sua consciência transitar livremente entre cada um deles.Por agora, o projecto deste bilionário russo será tema de um documentário da BBC Horizon, intitulado The immortalist.source: pplware.sapo.pt