219 347 706 Email Facebook
Huawei

Começam a surgir as primeiras informações do Huawei Mate 20 Pro

16 de Julho de 2018 às 09:24

Começam a surgir as primeiras informações do Huawei Mate 20 Pro

16 de Julho de 2018 às 09:24
Huawei


Com o lançamento do Huawei P20 Pro, a marca chinesa deu um passo de gigante na qualidade geral dos seus topos de gama.Com o verão a passar a passos largos, começa a aproximar-se a data de lançamento do novo Mate 20 Pro, estando já a chegar as primeiras informações.
A Huawei é uma das marcas que tem registado um maior crescimento no mercado dos smartphones, tanto em vendas como em qualidade.Com a apresentação do P20 Pro, notou-se uma grande aposta da marca chinesa no seu desenvolvimento, especialmente no departamento fotográfico.Com a chegada do Outono, começa também a aproximar-se a altura do lançamento do novo Huawei Mate 20 Pro e do novo processador Kirin 980.Huawei Mate 20 Pro – Um ecrã maior e um número aumentado de câmarasComo tem sido hábito, antes dos grandes lançamentos surgem sempre um número alargado de rumores. Com a chegada o Mate 20 Pro não existe excepção, estando a aparecer agora os primeiros dados.Segundo os rumores, este novo smartphone trará um ecrã OLED de 6,9″curvo, como o Mate 10 RS Porsche Edition, que deixará de ser fabricado pela LG, sendo substituída pela empresa chinesa BOE. Debaixo do ecrã podemos encontrar ainda o sensor de impressões digitais, uma tecnologia que já tinha sido patenteada pela Huawei.Os rumores apontam ainda que sejam incluídas cinco câmaras no total, três na parte traseira e duas na parte frontal e que o processador Kirin 980 seja incorporado. Este será o chip que a Huawei irá utilizar nos seus próximos dispositivos e promete um alto desempenho.Até ao lançamento ainda muito se irá descobrir, tanto do Mate 20 Pro como do Mate 20 Normal, sendo provável que a Huawei volte a apostar fortemente para tentar conquistar o primeiro lugar do mercado dos smartphones.source: pplware.sapo.pt

Huawei apresentou o seu novo Watch 2 Pro na China

24 de Outubro de 2017 às 09:21
Huawei


Foi no início da passada semana que a Huawei deu a conhecer os seus 3 novos smartphones de topo. Os Mate 10 Pro, Mate 10 e Mate 10 Lite vão atacar o mercado e reforçar a posição neste segmento.Ao mesmo tempo que surgiram estes novos smartphones, a Huawei apresentou também, de forma muito discreta e apenas na China, o seu novo smartwatch, o Watch 2 Pro, que tem algumas novidades face ao que já existe no mercado.
O Watch 2 Pro segue a linha dos modelos anteriores, em particular a do Watch 2, e apresenta-se com uma imagem tradicional e perto do que os consumidores querem.Para inovar, e porque já tinham essa experiência no modelo anterior, o Watch 2 Pro tem ligação à rede 3G/4G e consegue substituir por completo o smartphone. A novidade neste campo é que não usa os normais cartões SIM, mas recorre a um eSIM.Para além destas características, o Watch 2 Pro tem ainda presente ligação por NFC, que pode ser usado para o sistema de pagamento da marca, o Huawei Pay, ou o Alipay e WeChat Pay.As configurações deste smartwatch contam ainda com um ecrã AMOLED de 1,2 polegadas com resolução de 390 x 390 pixels, um processador Snapdragon Wear 2100, 4GB de memória de armazenamento e 768 MB de RAM. Conta ainda com estabilizador de chamadas, sensor de batimentos cardíacos, GPS, Bluetooth e proteção IP68.Uma vez que a Google não pode ter os seus sistemas operativos a funcionar na China com acesso à Play Store e a outros serviços da Google, o Watch 2 Pro usa uma versão do Android Wear 2.0 adaptada a este mercado.O preço deste novo smartwatch da Huawei é de 2.588 Yuan, ou seja, cerca de 330 euros. Não se sabe ainda se este modelo será exclusivo deste mercado ou se no futuro próximo chegará à Europa.source: pplware.sapo.pt

Novos P10 e P10 Plus da Huawei vão chegar na próxima primavera

10 de Janeiro de 2017 às 09:34
Huawei


A Huawei está já entre os maiores construtores de smartphones do mundo, conseguindo-se bater de forma igual com a Samsung ou a Apple. A razão deste crescimento tem sido os excelentes smartphones que tem apresentado, sempre com inovações e com uma imagem que agrada aos consumidores.Espera-se para breve a chegada dos novos elementos da família P da Huawei, os P10 e P10 Plus, e o CEO da marca veio agora revelar mais informações importantes sobre estes equipamentos.
Era quase certo que a Huawei não aproveitasse o MWC para apresentar novos smartphones, devendo optar por fazê-lo mais tarde. Esta suspeita foi agora confirmada pelas palavras de Richard Yu, o CEO da Huawei, que revelou que estes novos smartphones chegam na primavera, algures entre Março e Abril.Mas Richard Yu foi mais longe e revelou pormenores sobre estes novos equipamentos, confirmando informações que foram surgindo nos últimos tempos. A mais importante delas é mesmo a chegada do ecrã curvo ao P10 Plus, levando a marca para terrenos onde a concorrência já está presente. O P10 irá manter o ecrã plano.Apesar de não o indicar, sabe-se que a Huawei deverá manter a sua parceria com a Leica, esperando-se, por isso, a presença de uma lente dupla no P10 e P10 Plus, dando continuidade à novidade que apresentaram no P9.Para além destas características, os novos Huawei P10 vão ter muitos mais argumentos. Especula-se que tenham um ecrã de 5,5 polegadas com resolução Quad HD (2560 x 1440p), processador Kirin 960, GPU Mali G-71, 6GB de RAM, armazenamento de 256 GB, duas câmaras traseiras de 12 megapixéis da Leica, câmara frontal de 8 megapixéis, leitor de impressões digitais e o novo Android 7.0 Nougat.Não tendo sido dada qualquer informação sobre a existência de um modelo com características mais baixas, o P10 Lite, o mais provável é que este modelo exista. Olhando ao passado, a Huawei tem sabido aproveitar estes modelos e feito deles verdadeiros casos de sucesso.Será difícil ao P10 conseguir atingir os valores de vendas que o modelo anterior conseguiu. O P9 foi o primeiro smartphone da Huawei a ultrapassar a fasquia das 10 milhões de unidades vendidas. A marca está confiante e espera que o P10 e o P10 Plus possam dar continuidade ao sucesso, quebrando novamente os valores de venda.Via The Android Soulsource: pplware.sapo.pt

A Huawei vai trazer um portátil híbrido para o mercado?

21 de Janeiro de 2016 às 09:53
Huawei


A Huawei é uma marca que está presente em muitas áreas para além daquela em que é mais conhecida, a dos smartphones. Mas esta marca chinesa procura sempre inovar e encontrar novos produtos e novos mercados para se implantar.Uma nova área onde poderá estar a estrear-se em breve é a dos portáteis. Tudo aponta para que surja em breve um novo dispositivo híbrido e com suporte para vários sistemas operativos, o MateBook.

Como é normal nestas situações, ainda não existe qualquer certeza sobre a veracidade desta informação, mas tudo aponta para que a marca chinesa apresente muito em breve um novo equipamento, longe das suas ofertas tradicionais do consumo.Espera-se que surja no mercado um novo portátil, sob a marca Huawei, que terá suporte nativo para o Windows, com grande certeza o 10, mas também com suporte para Android.A dar suporte a este novo portátil irá estar um processador Intel e a sua forma será a de um computador híbrido, que poderá ser usado quer como portátil quer como tablet, muito na linha do que a Microsoft tem no seu Surface. Presente deverá estar também uma caneta.A dar suporte a este rumor está um facto que pode ser decisivo. Um recente registo feito pela Huawei, garantiu para si a possibilidade de controlar o nome MateBook, que deverá ser o nome deste novo portátil.O pedido foi registado na China em Setembro do ano passado e foi agora atribuído à Huawei. Este nome poderá ser usado em várias áreas, entre elas a de equipamentos informático, equipamentos de processamento de dados e telefones inteligentes.Tudo aponta para que o MateBook possa ser lançado muito em breve. Sem datas certas, o que está a ser avançado é que irá chegar durante o Mobile World Congress, que se realiza em Barcelona no próximo mês de Fevereiro.Esta é uma área que está em expansão e onde todas as marcas querem estar. O mote foi dado pela Microsoft com o Surface e cada vez mais modelos têm surgido, com características similares, mostrando o interesse que existe.source: pplware.sapo.pt

A Huawei e a M1 conseguiram atingir 1Gbps numa ligação 4.5G

18 de Janeiro de 2016 às 10:30
Internet Huawei


As redes móveis são cada vez mais os canais preferenciais para a troca de informação. Com o crescimento do mercado dos smartphones estas redes necessitam também de evoluir de forma a garantirem uma maior largura de banda e assim suporte para novos serviços.O caminho está já a ser traçado para a nova geração e a Huawei conseguiu agora estabelecer uma ligação de 1Gbps em cima da rede 4.5G.

Este feito que a Huawei  agora conseguiu, foi realizado em conjunto com a M1, a terceira maior operadora de telecomunicações de Singapura. Os testes realizados entre estas duas empresas conseguiram atingir valores elevados de transferências de dados: 1Gbps de download e 130Mbps de upload.Ainda é apenas num cenário controlado e em laboratório, mas este feito vem provar que esta nova tecnologia está prestes a ser lançada e disponibilizada aos consumidores.Os testes decorreram com base em quatro tecnologias de rede: 4×4 Multiple-Input Multiple-Output (MIMO); two-component carrier (2CC) uplink carrier aggregation; 3CC tri-band downlink carrier aggregation e Higher Order Modulation 256 Quadrature Amplitude Modulation (QAM). O curioso é que as empresas usaram hardware que pode actualmente ser encontrado já no mercado e também um dispositivo CAT14 da Huawei que é ainda um protótipo.Com estes testes, fica aberta a porta para o início da disponibilização da tecnologia 4.5G numa operadora comercial, recorrendo à oferta que a Huawei coloca no mercado.The successful trial marks the beginning of 4.5G era in Singapore, demonstrating Huawei and M1’s continual innovation in delivering the benefits of the latest mobile technology advances to Singapore consumers, for instance, in enabling machine-to-machine connections and improving HD video experienceCom a chegada do 5G apenas prevista para 2020, importa às operadoras móveis conseguirem fazer evoluir a actual tecnologia 4G e retirar dela velocidades de transferências de dados ainda mais elevadas.A solução passa pela chegada do 4.5G, que muito em breve estará disponível para todos os operadores, baseada nos actuais equipamentos e com um investimento que se espera que seja mínimo.É certo que em Portugal estas velocidades são ainda uma ideia de futuro, mas o facto de estarem a ser preparadas indicam que vão chegar ao nosso país.source: pplware.sapo.pt

Huawei apresentou o seu novo smartphone, o Mate 8

27 de Novembro de 2015 às 10:14
Huawei


A Huawei é uma marca que tem sabido crescer e tornar-se uma referência no mundo dos smartphones. É já a a segunda marca de smartphones Android na Europa e não deve parar por aqui.Hoje, num evento que teve lugar na China, a marca apresentou o seu mais recente smartphone de topo, oMate 8.

O novo Mate 8 é o herdeiro do já anterior modelo de sucesso, o Mate 7. Este novo smartphone está ainda apenas disponível na China, onde estará em exclusivo nos próximos meses.Será apenas apresentado ao público na CES de 2016, onde a marca chinesa o mostrará a todos e o introduzirá para comercialização fora do seu mercado.Este novo smartphone segue a linha dos equipamentos anteriores da marca e centra-se em dar aos utilizadores as mais recentes e modernas funcionalidades.Presente está o leitor de impressões digitais, que é já imagem de marca desta linha Mate, um ecrã de dimensões generosas, com 6 polegadas, e uma moldura quase inexistente. Os 3 ou 4GB de RAM presentes, que dependem do modelo, vão apoiar o processador octa-core Kirin 950 e o GPU Mali-T880MP4 e dar a este novo processador tudo o que é necessário para os utilizadores o poderem explorar.Com este novo processador chega também o co-processador i5, que terá a seu cargo todo o processamento dos sensores e que garantirá um baixo consumo de energia.Já com o Android Marshmallow presente, este é outros factor que diferencia o Mate 8 da concorrência.As câmaras fotográficas do Mate 8 são de 8 megapixéis na frente e de 16 megapixéis na traseira, garantindo fotografias de elevada qualidade.Um elemento que é presença garantida nesta linha Mate é a sua bateria de elevada capacidade. O Mate 8 não desilude mais uma vez e tem presente uma bateria de 4000mAh.Também na cores o Mate 8 é diferente e a Huawei resolveu apresentá-lo em Champagne Gold, Moonlight Silver, Space Gray e Mocha Brown.O preços já existem, se bem que ainda apenas para a sua comercialização na China:3 GB RAM e 32 GB de memória por US$ 4704 GB RAM e 64 GB de memória por US$ 5804 GB RAM e 128 GB de memória por US$ 690Este será, com certeza, mais um caso de sucesso vindo da Huawei. Chegará à Europa em meados do próximo ano e o de certeza que conseguirá seguir a boa prestação que os modelos anteriores tiveram.source: pplware.sapo.pt