219 347 706 Email Facebook
Family Locator

Saiba como seguir a sua família pela localização do smartphone

8 de Março de 2017 às 10:12

Saiba como seguir a sua família pela localização do smartphone

8 de Março de 2017 às 10:12
Family Locator


Os nossos smartphones permitem-nos saber constantemente a nossa localização e até ajudar-nos a encontrar pontos no mapa que precisamos de saber.  Fazendo uso destas tecnologias, é possível a qualquer momento saber a localização dos diferentes membros da nossa família e assim termos a certeza onde estes se encontram.Hoje trazemos 3 simples aplicações que nos vão ajudar a criar estas redes familiares e ajudar a localizar os seus membros a qualquer momento.
Este pode não ser um assunto simples e é até muitas vezes controverso. O controlo das localizações, sem a devida autorização, é incomodo e em muitos casos pode até ser considerado um crime.Mas em contextos familiares e de amigos é uma ferramenta útil e de extrema importância para sabermos onde e como estão os nossos contatos. As 3 aplicações que apresentamos de seguida dão-nos essa possibilidade e aumentam a interação entre os elementos destes grupos.Family LocatorA primeira proposta, o Family Locator, permite saber a localização da família e dos amigos em tempo real. Para além desta função de base, o Family Locator permite ainda a troca de mensagens entre os elementos do grupo.A partilha da localização permite saber a qualquer momento onde se encontram crianças ou idosos, garantindo que chegaram aos seus destinos, enviando alertas nestes momentos.Estes mesmos alertas podem funcionar de forma oposta, sempre que um dos elementos da família estiver em locais identificados como pouco seguros, dando ao utilizador a informação sobre estas situações. 
Há ainda a possibilidade de, em momentos de pânico, enviar ou receber mensagens de SOS com a localização exata de cada um dos elementos.O Family Locator é gratuito, mas a compra da aplicação permite ter acesso às diferentes localizações dos últimos 7 dias.Homepage: Family LocatorPreço: Gratuito Family Locator – GPS TrackerO Family Locator – GPS Tracker leva o conceito um pouco mais longe e, para além da partilha da localização, permite a criação de Círculos. Estes são grupos de pessoas em que a informação pode ser partilhada com diferentes graus de detalhe.Podem ser apenas “salas de conversação” ou irem mais longe e adicionar a partilha de localizações e informação de chegada a determinados destinos, pré-definidos.Claro que o Family Locator – GPS Tracker tem presente o conceito de localização e permite saber onde está cada um dos elementos destes Círculos, tendo alertas locais bem definidos.
O Family Locator – GPS Tracker pode ainda ser usado como uma alternativa para descobrir onde está o smartphone que tenha sido roubado, uma vez que partilha com os restantes as suas localizações.Homepage: Family Locator – GPS TrackerPreço: Gratuito GeoZilla Family GPS LocatorO GeoZilla Family GPS Locator anuncia-se como sendo de todos o menos agressivo para as baterias dos smartphones. Fá-lo ao não estar a usar constantemente o GPS e usando a localização pela rede móvel. Apenas quando existe uma mudança grande de localização é que o GPS é chamado.O GeoZilla Family GPS Locator permite ainda que sejam feitos pedidos de localização, que vão ser respondidos assim que os utilizadores voltarem a estar ligados à Internet, facilitando a localização.Para além dessa característica única, o GeoZilla Family GPS Locator permite saber sempre que um membro da família chega ou sai de um determinado local pré-definido, deixando ao mesmo tempo que estes possam indicar de forma manual sempre que estão num local novo ou que não consta da lista definida.

O GeoZilla Family GPS Locator segue ainda a linha dos restantes e tem disponível uma zona de conversação que permite a troca de mensagens de forma rápida.Homepage: GeoZilla Family GPS LocatorPreço: Gratuito É claro que a estas 3 propostas podem somar as versões oficiais da Apple, com o Encontrar Amigos, e da Google, com o contatos de confiança. No entanto estas são específicas de cada plataforma e não podem ser usadas por todos, embora a Google já tenha anunciado o início do desenvolvimento da sua app para iOS.Podem assim ficar a saber a qualquer momento onde os vossos familiares e amigos estão, garantindo a sua segurança e se estão mesmo nos locais que indicaram.~source: pplware.sapo.pt

Riffle: A rede do MIT ainda mais anónima que a rede TOR

12 de Julho de 2016 às 09:37
Tor MIT


A segurança e a privacidade na Internet são temas recorrentes nos dias de hoje. Cada vez mais os utilizadores procuram proteger-se e conseguir, de certa forma escapar, às ameaças.A rede Tor é para a maioria uma alternativa de confiança, mas o MIT criou a Riffle, uma rede que garante ainda mais anonimato.

Todos reconhecem na rede Tor uma excelente forma de conseguir navegar na Internet de forma anónima. Mas a verdade é que o passado recente mostrou que esta rede, mesmo sendo segura, tem pontos de falha que levam a que com relativa facilidade um atacante possa conseguir identificar os utilizadores.Os pressupostos de segurança e de anonimato do Tor têm sido consecutivamente anulados e são ja vários os casos em que os utilizadores estiveram expostos.Mas nem tudo são más noticias no que toca à privacidade dos utilizadores. O MIT conseguiu criar uma nova rede, a Riffle, que consegue ser ainda mais segura que o Tor e que garante o anonimato dos utilizadores mesmo que tenha apenas um servidor a funcionar.Como funciona a Riffle?Para que a Riffle consiga manter o anonimato dos utilizadores, usa uma forma diferente de transmitir a informação. Em vez de enviar os pacotes na ordem certa e fazendo-os saltar entre servidores, como o Tor faz, a Riffle assenta numa série de servidores, chamados mixnet, que simplesmente alteram a ordem dos pacotes recebidos antes de os enviarem de novo para a rede.Desta forma um atacante não vai conseguir saber o conteúdo das mensagens pois estas vão estar misturadas e sem a ordem certa e esperada para serem decifradas.Mesmo que um servidor seja comprometido, este tem de realizar a alteração da ordem dos pacotes da forma correcta ou não será reconhecido na rede. Isto porque as chaves públicas vão sendo adicionadas e removidas à medida que passam pelos servidores, garantindo que apenas o servidor de destino consiga aceder à mensagem transmitida.Outras mais valias da Riffle?Outro ponto importante na Riffle é que é extremamente eficiente em termos de largura de banda, recursos e tempo utilizados para realizar os processos de anonimização dos utilizadores. Sendo estas redes assentes em computadores dos utilizadores, importa que estas não ocupem estas máquinas tempo demais.A Riffle ainda não está disponível, mas será apresentada nos próximos dias, numa conferência, onde o modelo e o seu conceito será explicado em detalhe. Poderá demorar ainda alguns anos a ser pública, mas traz na sua base alguns conceitos muito interessantes no campo do anonimato e privacidade, ao mesmo tempo que promete garantir segurança aos utilizadores.source: pplware.sapo.pt

Adeus Motorola… perdeu-se um ícone

8 de Janeiro de 2016 às 09:48
Motorola


A CES 2016 tem sido rica em novidades em várias áreas. Infelizmente sabe-se agora que nem todas são positivas e vão ter repercussões no futuro.Soube-se há poucas horas que a chinesa Lenovo vai “matar” uma das mais icónicas marcas norte americanas de tecnologia, a Motorola.

A notícia do fim da Motorola foi anunciada pelo COO da empresa que revelou que os planos inicialmente traçados aquando da sua compra pela Lenovo foram repensados e alterados.Se inicialmente estas duas marcas iriam coexistir de forma paralela e em mercados distintos, há agora a vontade de introduzir apenas o nome Lenovo em todos os produtos. 
Lenovo Sim, Motorola já nãoA Motorola não vai para já desaparecer, mantendo-se alguns dos seus logotipos e nomes, como a linhaMoto. O que se alterará sim é o nome da marca presente nos produtos, que passa a ser Lenovo.Mas haverá uma alteração gradual, com início efectivo. A linha Moto será usada para os equipamentos de gama mais elevada e o nome Vibe, oriundo da Lenovo, será para os equipamentos de gama mais baixa. 
O declínio de um gigante da indústriaDesde que a Google comprou a Motorola em 2012 que a empresa perdeu a sua autonomia e a sua imagem de marca. Foram tempos áureos mas que depressa desapareceram.A venda da Motorola à Lenovo em 2014 por 2,91 mil milhões de dólares, prometia um renascimento da marca, com a aparente liberdade que lhe era dada.Os novos produtos que surgiram, como toda a série de smartphones Moto e o smartwatch Moto 360, mostraram ainda o fôlego que a marca tinha em inovar e apresentar produtos únicos. 
O peso da MotorolaO desaparecimento da Motorola é uma perda muito elevada para a indústria e para toda a história da telefonia. Foi esta marca que inventou o telemóvel e que trouxe para este mercado muitos modelos e ideias que ainda hoje são marcos.Hoje é o principio do fim de um ícone!source: pplware.sapo.pt