219 347 706 Email Facebook
AppleYoutube

3 formas para descarregar vídeos do YouTube para Mac

27 de Abril de 2016 às 10:39

3 formas para descarregar vídeos do YouTube para Mac

27 de Abril de 2016 às 10:39
Apple Youtube


É uma boa ideia, sem dúvida, podermos descarregar vídeos do YouTube para Mac. Assim, podemos de forma local, offline, ver os mais recentes vídeos de música, filmes, clips engraçados, vlogs, tutoriais, etc sempre a partir do YouTube poupando tempo de espera muito precioso especialmente quando a conexão de Internet não é estável o suficiente.Mas como descarregar vídeos do YouTube para Mac? Para o utilizador comum que deseja obter alguns vídeos do YouTube para visualização posterior tudo aquilo que precisa é escolher uma aplicação de descarga de vídeos do YouTube para iMac, MacBook Air ou MacBook Pro. E qual escolher?


Nos ajudamos a poupar nos seus esforços caso pretenda experimentar vários downloaders do Youtube, poupando também algumas decepções, concerteza cujas quais o desempenho pobre deixa a desejar.Neste artigo apresentamos e compilamos uma curta, mas eficaz, lista de 3 formas rápidas para ficar a saber as melhores possibilidades para descarregar vídeos do YouTube para Mac:uma das aplicações mais específicas e estáveis é o MacX Video Converter Pro, o YouTube downloader savefrom.net e os próprios navegadores da web. Numa breve descrição, o MacX Video Converter Pro é considerado um excelente Mac YouTube downloader e conversor de vídeo, que pode ser usado para fazer o download de vídeos do YouTube em modo offline de forma rápida e automaticamente converter os vídeos para qualquer formato que necessitamos, como por exemplo vídeos directamente +ara MP3.O Savefrom.net é um serviço de download de ficheiros online que permite aos seus utilizadores fazer o download de vídeos do YouTube. Por últimos, os navegador Web, como o Safari, Chrome e Firefox também pode ser utilizadores para descarregar vídeos do YouTube. Mas vamos por partes.1. MacX Video Converter ProO MacX Video Converter Pro é uma ferramenta que oferece uma solução acessível para utilizadores Mac descarregando livremente qualquer vídeo do YouTube: trailers de filmes, músicas em SD, HD 720p, 1080p video YouTube, 4K ultra HD e até mesmo os mais recentes vídeos a 360 graus com realidade virtual, podendo de seguida converter os vídeos descarregados do YouTube em qualquer formato de vídeo incluindo MP4, MOV, FLV, WMV, AVI, MKV, etc.O áudio também está contemplado nas conversões no formato MP3 ou com transferência directamente para vários dispositivos móveis como o iPhone SE , 6s (Plus) de iPhone, iPad Pro, iPad Air 2/Mini 4 Retina, Galaxy Note 5/S6 Edge +, etc, com alta qualidade de vídeo e velocidade rápida (hardware Intel QSV com suporte a aceleração tecnológica) de saída.2. SavefromO Savefrom é um serviço popular de download de vídeos de forma a que qualquer utilizador possa fazer o download de vídeos directamente do YouTube, bem como do serviço Vimeo, Rapidshare e por aí em diante.O utilizador pode usar este serviço para descarregar vídeos do YouTube para Mac da web bastando apenas colar o link do vídeo e escolher um formato específico disponível ou, de outra forma, através da instalação da sua extensão de navegador.No caso deste serviço, apesar de ser muito prático, há que ter em conta 2 desvantagens. Em primeiro lugar, o Savefrom não oferece opções de conversão de vídeo. Em segundo lugar, não existe suporte no site. Ora ambas as opções levam a que por vezes, se tenha de optar por testar o ficheiro final em vários leitores. Para quem procura uma conversão directa ou suporte técnico esta pode não ser a melhor opção como a sugestão anterior.3. Navegadores da WebUsar navegadores web (Safari, Chrome e Firefox) para descarregar vídeos do YouTube é, possivelmente, uma nova ideia para algumas pessoas. Por exemplo, o Safari é um excelente exemplo para mostrar como descarregar vídeos do YouTube para Mac OS X:Abra a página do vídeo do YouTube e pressione Command-Option-A, ou vá a Window > Activity para ver todas as actividades das janelas que tenha aberto. Encontre o link do vídeo do YouTube e pressione a seta para baixo para expandir a lista, clique duas vezes no arquivo MB e o vídeo será descarregado.Os leitores devem, no entanto, ter em atenção que os vídeos descarregados desta forma estão em formato FLV e o Safari não oferece a conversão de vídeo. No meu caso, penso que o melhor seria a escolha de um downloader real para resolver todos os problemas de uma vez por todas.Como descarregar vídeos do YouTube para o Mac com MacX Video Converter ProPasso 1. Descarregar gratuitamente o MacX Video Converter Pro e clique no botão “YouTube” na interface principal, e de seguida irá aparecer a janela YouTube Downloader.Passo 2. Copie o link do vídeo do YouTube, cole-o na barra de links e clique em “analisar” para carregar os detalhes do vídeo do YouTube no programa.Passo 3. Clique no botão “Browse” e escolha o local onde deseja guardar o vídeo de saída.Passo 4. Clique no botão “Download Now” para iniciar o download de vídeos do YouTube para o disco rígido do Mac.Se queria saber como guardar o vídeos do YouTube no Mac, esperamos que tenha encontrado uma resposta neste artigo. E os nossos leitores, qual ou quais os métodos que funcionam melhor? Qual é o mais rápido?source: pplware.sapo.pt

YouTube já permite emitir vídeos 360º ao vivo

19 de Abril de 2016 às 10:08
Youtube


A aposta da Google na realidade virtual está a tomar várias formas. Depois de começarem os trabalhos dentro do Android, a empresa começa também a preparar as suas plataformas, entre elas o YouTube.Se o serviço de vídeos mais conhecido da Internet já permitia vídeos a 360º, chega agora a hora destes serem transmitidos em tempo real.

Há já algum tempo que o YouTube suporta vídeos de 360º, estando preparado para dar acesso a toda a estrutura necessária para a realidade virtual e os vídeos imersivos que ela necessita.Mas há uma novidade que o torna ainda mais preparado para ser a plataforma de eleição para esta nova tecnologia. O YouTube passou a permitir que sejam transmitidos vídeos de 360º ao vivo e com áudio espacial, o que vai garantir que o som permita uma envolvência espacial ainda maior, com uma transposição perfeita da realidade.Para estrear este novo componente do seu serviço de vídeos 360º, o YouTube vai transmitir alguns dos concertos que vão ter lugar no Festival Coachella, durante a próxima semana.Para além destas duas novidades, há ainda o lançamento de uma nova API dedicada, mas que para já estará apenas disponível para os fabricantes de câmaras de captura de vídeo 360º. Esta API permitirá a qualquer programador integrar nas suas aplicações ou serviços a emissão ao vivo de vídeos 360º.Se quiserem testar já o áudio espacial podem fazê-lo directamente no YouTube, através desta lista de vídeos 360º.Com a chegada de câmaras 360º acessíveis ao público, como a Samsung Gear 360, é hora do YouTube se adaptar e preparar-se para ser o local de excelência para receber todos os vídeos que vão ser criados, sejam eles em tempo real ou não.source: pplware.sapo.pt

Quer controlar a qualidade dos vídeos do YouTube no Android?

2 de Março de 2016 às 14:44
Youtube


O YouTube é um dos serviços mais usados na Internet, que conquistou já quase todas as plataformas que existem, desde os browsers até às televisões. Mas é nos smartphones que é já mais usado, confirmando que o futuro passa por estes dispositivos móveis.Sendo esta plataforma um caso de sucesso, é importante que consigamos controlar de forma fina a qualidade dos vídeos do YouTube. Vejam como o podem fazer de forma simples.

Associados aos dispositivos móveis estão sempre os planos de dados, que na maioria dos casos são caros para os utilizadores. Esta é a forma de terem acesso à Internet e muitos gerem estes consumos de forma muito criteriosa.Com as aplicações a consumir dados de forma muitas vezes descontrolada, importa conseguir manter estes gastos reduzidos ao mínimo. O YouTube pode ser uma das aplicações que mais consome dados e isso importa limitar.Como controlar a qualidade dos vídeos do YouTube no Android?A qualidade dos vídeos do YouTube está associada directamente aos consumos de dados e isso é uma das causas para que depressa os plafonds se esgotem, quando não temos o cuidado devido.Mas a Google criou uma forma de controlar a qualidade dos vídeos dentro da sua aplicação Android, algo que muitos podem já começar a usar. Abram por isso a aplicação YouTube e coloquem um vídeo a tocar.Na janela do vídeo, se lhe tocarem, vão ver surgir algumas opções, na forma de ícones. O que procuram para este processo são os três pontos verticais. Ao carregarem ai vão ver surgir quatro opções. A que querem éQualidade.Ao seleccionarem essa opção vão ver apresentadas as diferentes qualidades que cada um dos vídeos disponibiliza. O ideal, para quem quer ver vídeos por ligações 3 ou 4G, é que escolham a opção 240p ou até 144p, sendo esta última a de menor qualidade e de menor consumo de dados.Se escolherem a opção Automática, o YouTube tentará usar a qualidade mais elevada que a ligação à Internet permitir, o que nas ligações de dados móveis não é aconselhadoAlgo que é exclusivo da versão Android da aplicação YouTube é que a definição que for seleccionada será mantida para todos os vídeos seguintes, tornando-se o padrão.Na versão para iOS da aplicação YouTube o processo é todo ele idêntico, mas a diferença é que necessitam de definir para cada vídeo a qualidade que querem que seja usada.O vídeo abaixo mostra este processo de forma detalhada e permite que vejam como o podem aplicar no vosso smartphone Android.Não existe um valor ideal para a escolha da qualidade a ser usada. Pesem as vossas velocidades de ligação à Internet e os vossos plafonds de dados e comparem-no com a qualidade mínima que querem ter para os vídeos que vão querer ver. Lembrem-se também que a qualquer momento podem alterar essas definições e melhorá-los ou torná-los menos gulosos no consumo de dados.Esta é mais uma prova de que a Google tem nos seus produtos pequenos truques e pequenas opções pouco visíveis que nos permitem tornar a sua utilização mais adequada e menos agressiva para o utilizador e para o seu bolso.source: pplware.sapo.pt

O Youtube entrou numa nova realidade - A Realidade Virtual

10 de Novembro de 2015 às 09:28
Youtube


A app do YouTube para Android ganhou compatibilidade com realidade virtual. Significa isto que só precisas de um telemóvel Android e, por exemplo, de um Google Cardboard para experienciar em 360º meia dúzia de vídeos já partilhados no YouTube.

Feito de cartão e fácil de montar, o Google Cardboard um equipamento barato e que oferece a possibilidade de experimentar a realidade virtual. Para isso, basta apenas colocar um telemóvel na parte da frente do equipamento e abrir a app (Android e iOS) para esse efeito. Podes comprar um Google Cardboard já montado por 10-15 euros ou criar um tu mesmo, seguindo as instruções da própria Google.Assim, para experimentares o YouTube em realidade virtual, abres a app no teu telemóvel Android, escolhes o vídeo que queres ver e clicas no ícone do Cardboard. Depois é só rodar o telemóvel para a horizontal, encostá-lo ao Cardboard e divertes-te. Há vários vídeos 360ª no YouTube, por exemplo, uma experiência do The Hunger Games. Qualquer produtor e programador pode carregar novos conteúdos 360ª para a plataforma de vídeo da Google.O resto do catálogo do YouTube, isto é, os vídeos que não são 360º, também pode ser visto no Cardboard, mas a experiência não é obviamente imersiva. Esses conteúdos são exibidos numa espécie de sala de cinema virtual. Assim:Tal como o Facebook, a Google está a apostar na realidade virtual. Não foi há muito tempo que o YouTube passou a suportar vídeo 360º. Desde então, vários conteúdos desse tipo têm sido alojados na plataforma. Destaque para a visita às plantações de café da Nescafe, para um videoclipe dos Foals e para o lançamento do OnePlus 2.source:shifter.pt

Missão YouTube. Facebook quer abater o gigante dos vídeos

15 de Outubro de 2015 às 14:48
Facebook Youtube


Mark Zuckerberg não para e já definiu o próximo alvo a abater: o Facebook quer concorrer diretamente com o gigante dos vídeos caseiros, o YouTube.Uma nova ferramenta do Facebook servirá para armazenar os vídeos dos utilizadores, que cada vez mais partilham este tipo de conteúdo – filmados e editados pelos próprios. Mas, lembra o jornal espanhol ABC, muitos desses vídeos acabam por ser bloqueados por utilizarem músicas protegidas pelos direitos de autor. Por isso, outra novidade é que o Facebook está a trabalhar em parcerias com editoras discográficas. Resta saber em que termos.
Nos últimos tempos, as análises ao mercado tecnológico provam que consumo dos vídeos tem aumentado de dia para dia e que o futuro passa exactamente por aqui. Ao integrar conteúdos audiovisuais na sua rede, o Facebook tem vindo a ganhar espaço à Alphabet (dona da Google), que detém o YouTube.
Com o novo espaço para vídeos, os utilizadores podem aceder aos filmes dos amigos que têm na rede de contactos e até guardá-los. Tal como acontece no YouTube.A novidade está a ser testada primeiro no iOS, sistema operativo da Apple.. Mas vários sites de tecnologia especializados escrevem que será desenvolvido para os Android, logo depois de ser implementado.“Estamos a fazer os primeiros testes, mas muito contentes com o resultado inicial: mostra que as pessoas querem ver e descobrir mais vídeos”, explica a vice-presidente de produto do Facebook, Will Cathcart, em comunicado.source: observador.pt/

Quer ter videos do Youtube a tocar em fundo no Android?

2 de Setembro de 2015 às 10:39
Youtube Android Internet


O Android, e muitos outros sistemas móveis, têm algumas particularidades únicas no que toca à reprodução de vídeo e de áudio em segundo plano.Não sendo possível, acaba por limitar os utilizadores e impedir a sua correcta utilização.
Felizmente existem soluções não oficiais que permitem, por exemplo, ter o áudio do YouTube a tocar, sem que o utilizador necessite de ficar preso à aplicação. Vamos então conhecer uma forma simples de ter os vídeos do Youtube a tocar em fundo, no Android.
Esta incapacidade de ter os vídeos e o som a correr em fundo limita a utilização que os utilizadores podem dar a este serviço e à aplicação associada no Android.
Como a Google não apresenta uma solução, muitos tentaram, com sucesso, contornar a limitação e ter, pelo menos, o som dos vídeos a tocar.

Para o terem também no vosso Android só precisam de ter instalada uma aplicação, muito simples de usar e de integrar com o YouTube.
A aplicação que devem ter instalado no Android é o AudioPocket 2, que podem encontrar na Play Store do Android.
Depois de instalada a aplicação não precisam de a usar para ter acesso ao áudio, uma vez que ela se integra com o Android de forma simples.
Precisam sim de aceder à aplicação YouTube, presente em todos os Android, e ai devem encontrar o vídeo que querem ouvir.
Depois apenas precisam de aceder à zona de partilha do vídeo e ai devem encontrar o AudioPocket 2. É com ele que querem partilhar, para que seja processado o áudio e para que o possam ouvir em fundo.
 anteriorpróxima O AudioPocket 2 permite que sejam criadas filas de reprodução em que o utilizador indica quais os vídeos que quer ouvir e também permite que sejam tratada em simultâneo playlists directamente do YouTube.Na sua forma mais básica o AudioPocket 2 é gratuito, permitindo o acesso a todas as funcionalidades realmente importantes. Existem dois pacotes adicionais, pagos, em que o utilizador tem acesso a controlos adicionais da reprodução do áudio e à remoção da publicidade.Para além de permitir ter o áudio dos vídeos a tocar em fundo, o AudioPocket 2 consegue ainda poupar bateria e dados aos utilizadores, ao limitar-se a tratar do áudio, deixando de lado o vídeo, o elemento que mais consome.Usem o AudioPocket 2 e passem a ter os vossos vídeos preferidos a tocar em fundo, conseguindo assim, pelo menos, ouvir o que vos interessa.