219 347 706 Email Facebook
Web Design
ERP Primavera
Software à Medida
Últimas Novidades

Samsung Galaxy S9 será o Android mais potente do mercado

2018-02-14 às 09:35


Os Galaxy S9 e S9+, os novos smartphones de topo da Samsung, têm estado a criar muita expectativa e muita curiosidade. Espera-se que sejam máquinas de topo e capazes de destronar o que a concorrência tem no mercado.Muitos rumores e informações têm surgido ao longo dos últimos tempos, reforçando essa ideia. A mais recente a surgir mostra que estes vão ser os smartphones Android mais potente do mercado.
É sabido que a Samsung tem, por norma, os seus smartphones de topo equipados com 2 processadores diferentes, dedicados a mercados específicos. Falamos do modelo equipado com os conhecidos Snapdragon e do modelo equipado com o SoC criado e produzido pela própria Samsung, o Exynos.A potência do novo Galaxy S9Foi precisamente deste último modelo que surgiram agora os primeiros resultados, na plataforma Geekbench. Os valores do Exynos 9810 revelam que estão acima de qualquer concorrência, com 3.648 pontos nos testes single-core e 8.894 pontos nos testes multi-core.Os valores apresentados aproximam-se muito do que foram obtidos com o iPhone X. Nos testes de Geekbench deste modelo foram obtidos 4.204 pontos em single-core e 10.110 pontos em multi-core.Para comparação, os anteriores resultados dos testes ao modelo equipado com o SoC Snapdragon 835 revelaram um resultado de 2.378 e 8.132 pontos nos testes single-core e multi-core, respectivamente.O que mais podemos esperar dos Galaxy S9 e S9+?Há mais informações que mostraram que os novos Galaxy da Samsung vão trazer muitas novidades. A primeira delas é uma resposta direta à Apple e ao que foi apresentado com o iPhone X. Vamos ver chegar ao Android e aos Galaxy os emoji 3D. Segundo as fontes, estes vão ser mais avançados que os atuais, mas que o seu principio deverá ser em tudo idêntico ao que a Apple tem disponível.Para além desta novidade, foi também avançado que o Galaxy S9 deverá trazer altifalantes estéreo, colocados no topo e base. Estes devem ter Dolby Surround preparados pela AKG, que é detida pela Samsung.Os novos Galaxy S9 e S9+ vão ser dados a conhecer ao mundo no próximo dia 25 de fevereiro, num evento da Samsung que ocorrerá na véspera da abertura do MWC, em Barcelona.source: pplware.sapo.pt

iCloud poderá em breve ser usado para autenticação em sites web

2018-02-05 às 10:01


A maioria dos sites da Internet estão a aderir a mecanismos de autenticação de terceiros. Para além de ser mais simples a implementação, garante-se que as contas são válidas e que já existem.Os mais usados são os mecanismos do Facebook e da Google, mas um novo parece estar a chegar ao mercado. Uma análise ao iOS 11.3 revelou que a Apple com o iCloud e o Apple ID pode estar prestes a prestar este serviço.
Ao associar os mecanismos de autenticação a estes grandes serviços da Internet, os sites conseguem ter várias garantias. A principal delas é, a par com a segurança, que os utilizadores não precisam de criar mais uma conta, uma vez que usam uma já do seu dia-a-dia.A análise detalhada do código do iOS 11.3 revelou agora a presença de strings que mostram que a Apple irá usar o iCloud e o Apple ID para os utilizadores se autenticarem nos sites.O SecureChannel tem referências que mostram que os sites web vão poder usar este mecanismo de autenticação e aceder a dados do iCloud, provavelmente apenas o nome completo e o email.Esta funcionalidade é similar ao que a Apple usa já no Single Sign-On da Apple TV, que permite o acesso transparente em várias aplicações após uma autenticação com sucesso.Há ainda referências a um componente que permitirá usar um código QR para pedir a autenticação do Apple ID do utilizador, depois deste ser lido com a câmara do iPhone.Caso a Apple avance com este mecanismo, terá de enfrentar 2 gigantes que já dominam esta área. Tanto o Facebook como a Google já têm as suas autenticações espalhadas por sites e apps, evitando aos utilizadores terem de criar novas contas e memorizar novas palavras passe.source: pplware.sapo.pt

Windows 10: Saiba o que o seu PC envia para a Microsoft

2018-01-29 às 09:55


Ao longo dos últimos anos a Microsoft tem vindo a ser acusada de recolher dados dos utilizadores. A empresa assumiu que recolhe alguns dados mas que estes são “irrelevantes”. No entanto tal justificação parece não convencer governos e utilizadores.Recentemente ficou a saber-se que a Microsoft tem já operacional uma ferramenta onde os utilizadores podem ver quais os dados recolhidos. Aprenda já como ativar essa ferramenta.
Chama-se Windows Diagnostic Data Viewer e vai chegar, oficialmente, com a próxima grande atualização do Windows 10. Esta ferramenta permitirá que os utilizadores vejam os dados que estão a ser recolhidos pelo sistema… ao estilo de um sniffer.Como ativar o Diagnostic Data Viewer?Esta ferramenta está, por agora, apenas disponível no Windows 10 build 17083. Para ativar basta seguirem os seguintes passos:Ir a Definições > Privacidade e depois do lado esquerdo escolher Diagnóstico e Feedback. Depois basta ativar a opção Diagnostic Data Viewer.Como ver os dados?Para consultar os dados que são recolhidos por esta nova funcionalidade, basta que abram a app Diagnostic Data Viewer. Aí dentro são apresentados todos os dados que a Microsoft recolhe.No fundo desta interface, do lado esquerdo, pode ainda aceder a uma interface que permite aplicar filtros, selecionar por categorias, etc.Como referimos, esta ferramenta está por agora disponível apenas para quem tem o Windows 10 build 17083. Em breve, segundo informações da Microsoft, estará disponível para todos os utilizadores.source: pplware.sapo.pt

Microsoft desenvolve IA capaz de desenhar através de palavras

2018-01-22 às 10:13


Na área da Inteligência Artificial (IA) a Microsoft tem vindo também a mostrar o seu trabalho e, agora, apresenta um novo projeto onde mostra como é que as máquinas serão capazes de criar algo a partir de palavras. Neste caso em particular, criou um bot capaz de apresentar um desenho tendo por base apenas algumas palavras.
A Microsoft encontra-se a desenvolver um sistema que cria imagens bastante detalhadas a partir de palavras escritas. Segundo Xiaodong He, um dos investigadores envolvidos neste trabalho, “as imagens são criadas pelo computador, píxel por píxel, a partir do zero”.No exemplo apresentado foi pedido ao sistema que desenhasse um pássaro amarelo com asas pretas e bico pequeno. O resultado pode ser visto na imagem abaixo.Segundo He, o computador não vai desenhar um pássaro que exista na realidade, vai sim fazer um desenho daquilo que ele “sabe” que é um pássaro, ajustando-o às exigências da frase. Um procedimento é feito, tal e qual, como um humano o faria.Estes pássatos podem não existir no mundo real – são apenas o aspecto da imaginação do computador do que são pássarosPara esta aprendizagem é utilizada a tecnologia Generative Adversarial Network (GAN) que consiste em dois modelos de aprendizagem: um que gera a imagem e outro que avalia a qualidade das imagens geradas. Depois há um sistema de “ensino” onde são apresentadas imagens e legendas, algumas corretas outras falsas, para que o próprio sistema de IA seja capaz de interpretar o que é certo ou errado.O nível de detalhe destes desenhos ainda não é perfeito, mas a Microsoft acredita que a tecnologia está próxima de ser comparada à inteligência humana no que respeita ao desenho e à interpretação de imagens.Saiba mais no Blog da Microsoft.